Eficacia da adocao de um protocolo conservador na reducao do numero e volume de transfusoes de hemacias em recem-nascidos de muito baixo peso

Eficacia da adocao de um protocolo conservador na reducao do numero e volume de transfusoes de hemacias em recem-nascidos de muito baixo peso

Título alternativo Efficacy of conservative guidelines to reduce the number and the volume of red blood cells transfusions in very low birthweight neonates
Autor Venancio, Josiene Pereira Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O objetivo deste estudo coorte retrospectivo foi avaliar a eficacia da implementacao de um protocolo conservador na reducao do numero de transfusoes e do volume de concentrado de hemacias transfundido em prematuros com peso ao nascer inferior a 1500 gramas, nascidos entre 01/95 e 04196 (Periodo 1) e entre 06197 e 12/98 (Periodo 2), em um hospital terciario universitario do Municipio de São Paulo. Foram analisados 80 prematuros (40 no Periodo 1 e 40 no Periodo 2) que receberam uma ou mais transfusoes de hemacias nos primeiros 28 dias de vida e que sobreviveram, pelo menos, durante este periodo. As transfusoes no Periodo 1 foram indicadas segundo decisao dos medicos assistentes, sem criterios escritos que norteassem tais indicacoes. Os pacientes nascidos no Periodo 2 foram transfundidos de acordo com criterios restritivos baseados em parametros relacionados a: suporte ventilatorio, quadros de descompensacao cardiaca ou respiratoria e presenca de baixo ganho ponderal ou de cirurgia, entre outros. Coletou-se os dados dos prontuarios: demograficos, evolucao clinica, espoliacao sanguinea, adesao ao protocolo, numero e volume de concentrado de hemacias transfundido. Os bebes pertencentes ao Periodo 2 mostraram-se menos pesados, mais prematuros, com CRIB discretamente mais elevado, com maior necessidade de reanimacao em sala de parto, com tendencia a graus mais graves de hemorragia peri-intraventricular, com maior tempo de permanencia em ventilacao mecanica e com um hematocrito inicial levemente mais baixo. O volume sanguineo espoliado foi semelhante nos dois grupos estudados. Apos a implementacao do protocolo conservador, observou-se uma mediana de reducao de uma transfusao e 10 mUkg de concentrado de eritrocitos transfundido por prematuro, em relacao ao periodo anterior. Quando controlamos estes resultados em relacao as variaveis peso de nascimento, grau de espoliacao sanguinea, permanencia em ventilacao mecanica...(au)
Palavra-chave Transfusão de Sangue
Sangue
Recém-Nascido de muito Baixo Peso
Prematuro
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 138 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 138 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18429

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta