Efeito da suplementação de zinco sobre o crescimento e o estado nutricional de ratos recém desmamados submetidos a ligadura das vias biliares extra-hepáticas

Efeito da suplementação de zinco sobre o crescimento e o estado nutricional de ratos recém desmamados submetidos a ligadura das vias biliares extra-hepáticas

Título alternativo Effect of zinc suplementation on growth and nutritional status of newly weaned rats submitted to extrahepatic biliary tract ligature
Autor Speridião, Patrícia da Graça Leite Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Morais, Mauro Batista de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos: 1) avaliar o efeito da suplementação de zinco sobre o crescimento e o estado nutricional de ratos recém desmamados submetidos à ligadura do dueto biliar; 2) avaliar o efeito da suplementação de zinco nos teores de zinco, cobre e ferro no fígado. Métodos: Foram constituídos 4 grupos com ratos machos Wistar recém desmamados aos 21 dias de vida: 1) sham-30 (n=12), submetidos à cirurgia simulada e alimentados com ração contendo a quantidade recomendada de zinco (30 mg/Kg ração); 2) operados-30 (n=11), submetidos à ligadura e transecção do dueto biliar, alimentados com ração contendo a quantidade recomendada de zinco (30 mg/Kg ração); 3) sham-60 (n=12), submetidos à cirurgia simulada e alimentados com ração contendo o dobro da recomendação de zinco (60 mg/Kg ração); 4) operados-60 (n=11), submetidos à ligadura e transecção do dueto biliar e alimentados com ração contendo o dobro da recomendação de zinco (60 mg/Kg ração). Os animais foram alimentados por 30 dias de acordo com as respectivas rações, quando foram avaliados o peso, ingestão e eficiência alimentar, peso do fígado, peso e umidade da carcaça, composição corporal de gordura e proteínas totais, além do zinco, cobre e ferro hepáticos. Resultados: No trigésimo dia do tratamento dietético, a média de peso dos animais do grupo sham-30 foi maior (212,49ñ24,88 g) em relação aos grupos operados-30 (172,29ñ27,00 g), sham-60 (203,45ñ23,24 g) e operados-60 (180,23ñ21,51 g), sendo a diferença significante (p<0,001). A ingestão alimentar foi maior nos grupos sham-30 e sham-60, respectivamente, 380,21ñ57,30 g, 384,72ñ56,18 g do que nos grupos operados-30 (321,44ñ43,61 g) e operados-60 (353,94ñ13,09 g), sendo a diferença significante (p<0,020). Quanto à eficiência alimentar, o estudo estatístico mostrou que os grupos operados-30 e operados-60 apresentaram média menor (0,38ñ0,04 g e 0,37ñ0,04 g respectivamente), quando comparadas aos grupos sham-30 (0,43ñ0,02 g) e sham-60 (0,42ñ0,02 g; p<0,001). 0 peso do fígado foi maior no grupo operados-60 (11,58ñ2,27 g) em relação aos...(au).
Palavra-chave Estado Nutricional
Colestase Extra-Hepática
Zinco
Nutritional Status
Cholestasis, Extrahepatic
Zinc
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 105 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 105 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18426

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta