O leito placentário no descolamento prematuro da placenta

O leito placentário no descolamento prematuro da placenta

Título alternativo The placental bed in abruptio placentae
Autor Mesquita, Maria Rita de Souza Autor UNIFESP Google Scholar
Sass, Nelson Autor UNIFESP Google Scholar
Stávale, João Norberto Autor UNIFESP Google Scholar
Camano, Luiz Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: to analyze the histopathological patterns of the placental bed arteries in pregnancies complicated by abruptio placentae (AP) and compare them with the normal vascular histology of the placental bed. METHODS: placental bed biopsy was performed in 23 pregnant women with a diagnosis of abruptio placentae associated with high blood pressure (G/HBP) disorders, with gestational age of 28 weeks or more, submitted to cesarean section. The control group (CG) consisted of 30 patients without disease, submitted to cesarean section for obstetric reasons. The selected histological variables were: unaltered pattern, physiological changes, medial layer disorganization, hyperplastic changes, acute necrosis and atherosis. RESULTS: in patients with AP associated with HBP there was a significant predominance of medial layer disorganization and hyperplastic changes, compared to CG, while physiological changes in spiral arteries were statistically more common in CG. Findings of acute necrosis and atherosis were observed in a low number of G/HBP, with no statistical significance. CONCLUSIONS: in pregnant women with AP associated with HBP the predominant vascular histological findings were medial layer disorganization and hyperplastic changes. The presence of histopathological features was significantly higher in G/HBP, with prevalence of medial layer disorganization. Normal histological pattern, i.e., physiological changes, were more prevalent in CG.

OBJETIVO: análise histopatológica das artérias espiraladas do leito placentário em gestações complicadas pelo descolamento prematuro da placenta (DPP) associado à hipertensão, comparando-as com a estrutura vascular dos leitos placentários normais. MÉTODO: a biópsia do leito placentário foi realizada em 23 gestantes com diagnóstico de descolamento prematuro de placenta associado à hipertensão (G/HA) e idade gestacional maior ou igual a 28 semanas, submetidas ao parto cesáreo. O grupo controle (GC) foi constituído por 30 pacientes, sem doenças, submetidas a parto cesáreo por indicação obstétrica. As variáveis histológicas selecionadas para estudo foram: padrão inalterado, modificações fisiológicas, desorganização da camada média, alterações hiperplásicas, necrose e aterose aguda. RESULTADOS: nas pacientes com DPP associado à hipertensão ocorreu uma predominância significativa de desorganização da camada média, detectada em 50% das pacientes, e de alterações hiperplásicas, em comparação ao GC, ao passo que a presença de modificações fisiológicas foi estatisticamente mais significante no GC. Achados como necrose e aterose aguda foram observados em menores proporções no G/HA, mas sem diferenças significantes entre os dois grupos. CONCLUSÕES: os achados histológicos vasculares predominantes em grávidas com diagnóstico de DPP associado à hipertensão foram desorganização da camada média e alterações hiperplásicas. A presença do padrão patológico foi significativamente maior no G/HA, sendo o mais prevalente a desorganização da camada média. Houve predomínio do padrão normal, isto é, modificações fisiológicas no GC.
Palavra-chave Abruptio placentae
Placental circulation
Normal pregnancy
Hypertension
Descolamento prematuro da placenta
Circulação placentária
Gravidez normal
Pré-eclâmpsia
Hipertensão
Idioma Português
Data de publicação 2003-09-01
Publicado em Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia, v. 25, n. 8, p. 585-591, 2003.
ISSN 0100-7203 (Sherpa/Romeo)
Publicador Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Extensão 585-591
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-72032003000800007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-72032003000800007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1841

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-72032003000800007.pdf
Tamanho: 2.550MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta