Fisoterapia aquatica na prevencao da dor lombar e dor pelvica na gravidez: ensaio clinico randomizado

Fisoterapia aquatica na prevencao da dor lombar e dor pelvica na gravidez: ensaio clinico randomizado

Título alternativo Aquatic physiotherapy to prevention back pain and pelvic pain in pregnancy: a randomized clinical trial
Autor Nakayama, Gustavo Kiyosen Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A dor lombar e comum na gestante. Kristiansson et ai (1996) em um estudo prospectivo relata 76 por cento de incidencia de dor lombar em algum estagio da gestacao. A dor lombar e a dor pelvica tem um aumento de frequencia e intensidade de 19 por cento na decima segunda semana, aumentando de 47º/o na vigesima quarta e 49 por cento na trigesima sexta semana de gestacao. Depois do parto a prevalencia de dor lombar e dor pelvica cai para 9,4 por cento nas gestantes que tiveram inicio da dor lombar durante a gestacao. A gestante com dor lombar tem dificuldades em realizar as tarefas diarias, comparado com as outras gestantes (Kristiansson et ai, 1996). Objetivo: Avaliar se a fisioterapia aquatica em grupo e efetiva na prevencao da dor lombar e dor pelvica em gestantes. Metodos: Sera realizado um ensaio clinico randomizado, na cidade de Cascavel Parana, no periodo de 2002 a 2004. Criterios de inclusao: Toda gestante com tres meses completos de gestacao, ou mais, sem lombalgia, sido informada sobre riscos e beneficios do estudo. Criterios de exclusao: Qualquer complicacao que impeca a realizacao de atividade fisica dentro da agua, segundo o medico obstetra ou ginecologista, que esteja fazendo o acompanhamento pre-natal. Gestantes que ja estejam realizado terapias na agua. Morar longe do local de atendimento, ou impedimento de ir para as sessoes. Tamanho da amostra: Utilizamos a formula de Pocock (1983) para ter 80 por cento de poder estatistico e 90 por cento de intervalo de confianca para detectar reducao de 50 por cento para 30 por cento, a incidencia de lombalgia nas gestantes. Serao formados dois grupos de aproximadamente 130 gestantes dando num total aproximado de 260 gestantes. Analise estatistica: Serao analisados os dados relativos a todos os pacientes que forem randomizados. Serao calculados o Risco Relativo (RR) e o Numero Necessario para Tratar (NNT), baseados nos resultados do desfecho principal. Sera elaborada uma tabela 2x2 para cada desfecho e, a partir dela, serao calculados o RR e o NNT. Conclusao: Considerando o tipo de paciente no presente ensaio clinico e as medidas de controle de frequencia e incentivo esperamos um numero reduzido de perdas que nao comprometam a validade e qualidade do estudo
Palavra-chave Humanos
Feminino
Gravidez
Fisioterapia
Dor Pélvica
Dor Lombar
Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto
Humanos
Feminino
Gravidez
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 39 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 39 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18409

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta