Bruxismo em criancas e adolescentes: uma avaliacao dos metodos diagnosticos

Bruxismo em criancas e adolescentes: uma avaliacao dos metodos diagnosticos

Título alternativo Bruxism in children and adolescents: an evaluation of the diagnostic methods
Autor Cury, Maria Dorotea Pires Neves Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos: Este estudo tem os seguintes objetivos: identificar os instrumentos utilizados para o diagnostico do bruxismo em criancas e adolescentes, caracterizar as questoes mais relevantes, apontar os indicadores de exame) clinico mais utilizados e avaliar os dados de prevalencia de bruxismo em criancas e adolescentes a luz dos instrumentos diagnosticos utilizados para medi-los. Metodos: Nas bases de dados PubMed, Web of Science, Lilacs, 880, Adolec, MedCarib e Paho todos os artigos e capitulos de livros sobre o tema bruxismo em criancas e adolescentes foram levantados nos unitermos: bruxism, children, adolescents, diagnosis, bruxismo, criancas, adolescentes e diagnostico, procurando responder aos objetivos propostos. Limitou-se a idade maxima em 19 anos. Os trabalhos foram divididos em grupo A (bruxismo como tema central) e grupo B (o bruxismo era mencionado, mas nao era o tema central). Resultados: Os instrumentos diagnosticos identificados foram: exame clinico, questionario e entrevista. No grupo A, que constava de 12 publicacoes, onze usaram exame clinico, seguido de questionario e entrevista em sete. No grupo B, que constava de 23 publicacoes, vinte e um usaram exame clinico. O desgaste dental foi visto em 9 publicacoes no grupo A e 8 no grupo B. As prevalencias no grupo A variaram de 13,5 por cento a 77,24 por cento. Conclusoes: Exame clinico foi o instrumento mais utilizado. Na entrevista e no questionario ranger de dentes e apertamento foram os itens mais observados. A presenca de facetas de desgaste foi avaliada pela maioria das publicacoes em dentes permanentes, mas poucos definiram se esta ocorria em esmalte ou dentina. Parametros como hipertrofia de masseter, hipertrofia alveolar, torus palatino e mandibular e tipo facial nao foram avaliados. As investigacoes mostram a prevalencia do bruxismo em criancas e adolescentes com grandes variacoes
Palavra-chave Bruxismo
Criança
Adolescente
Diagnóstico
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 60 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 60 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18386

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta