Avaliacao de dois sistemas de vigilancia de infeccoes hospitalares em um hospital terciario de ensino

Avaliacao de dois sistemas de vigilancia de infeccoes hospitalares em um hospital terciario de ensino

Título alternativo Evaluiation of two nosocomial surveillance system in university hospital
Autor Vergara, Naldy Febre Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos: 1. Analisar dois sistemas de vigilancia epidemiologica (VE) das infeccoes hospitalares, em um hospital terciario de ensino no Chile; 2. Avaliar a capacidade ele ambos os sistemas de VL cm identificar as infeccoes hospitalares em um hospital de ensino terciario; 3. Determinar a sensibilidade, especificidade e valor preditivo para os sistemas de vigilancia epidemiologica por componentes e sistema por fatores de risco; 4. Analisar o custo para aplicacao de cada sistema ele VI estudado; 5. Determinar a aplicabilidade do sistema por componentes cm um hospital ele ensino terciario. Casuistica e Metodos: Foi realizado uni estudo de coorte prospectivo no qual foram avaliados dois sistemas utilizados para VE. Em uma primeira avaliacao, determinou-se a incidencia das IH no Instituto Nacional del Torax, Santiago de Chile, entre o periodo de novembro de 1998 a maio de 1999, aplicando dois metodos de VE: sistema por componentes (sistema NNIS) e sistema por fatores de risco (Anexo 1) no mesmo universo ele pacientes. Em uma segunda avaliacao, foram determinados a sensibilidade, a especificidade, o valor preditivo positivo e o valor preditivo negativo para ambos metodos de VE selecionados. Posteriormente, foi feita uma analise de custo atribuido as atividades de VL. Foram cumpridas normas eticas exigidas pelos Comites de Etica da Faculdade de Medicina da Universidade do Chile, Comite do Instituto Nacional dei Torax e da Universidade Federal de São Paulo. O diagnostico das IH foi realizado atraves do estipulado em ambas metodologias Resultados: Foram avaliados 2.170 pacientes, a distribuicao da incidencia das IH, foi igual a 52 infeccoes para o sistema por fatores de risco e 119 infeccoes para o sistema por componentes. As maiores diferencas de notificacao foram as infeccoes respiratorias baixas (p=0,0098), pneumonias nao associadas a ventilacao mecanica (p=0,0004) e infeccao de sitio cirurgico (p=0,0013). Ao comparar as taxas de IH para cada 100 saidas, encontramos uma diferenca nas taxas de incidencia, sistema por fatores de risco (2,39 por cento) e o sistema NNIS (5,48 por cento). A taxa de...(au)
Palavra-chave Vigilância Epidemiológica
Infecção Hospitalar
Fatores de Risco
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 161 p. tab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 161 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18359

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta