O processo de enfermagem na assistência a parturiente: diagnósticos e intervenções

O processo de enfermagem na assistência a parturiente: diagnósticos e intervenções

Título alternativo The nursing process in labour and delivery: diagnosis and interventions
Autor Sumita, Satie Lucia Nishimaru Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Marin, Heimar de Fátima Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Esta pesquisa de carater descritivo foi desenvolvida no Centro Obstetrico do Hospital Municipal Vereador Jose Storopolli (HMVJS) do Municipio de São Paulo. Apresentou como objetivos elaborar e testar um instrumento estruturado de coleta de dados para assistencia a parturiente; identificar e relacionar os diagnosticos de enfermagem mais frequentes e propor intervencoes de enfermagem. A amostra constituiu-se de 180 parturientes com gestacao a termo; foram excluidas as que no momento da coleta de dados encontravam-se no periodo de transicao para o expulsivo ou no expulsivo e as com intercorrencias clinico-obstetricas. 0 instrumento de coleta de dados foi elaborado com base na estrutura da Taxonomia II, segundo os Padroes de Saúde - Modelo Multiaxial. A pesquisadora realizou a coleta de dados no periodo de outubro de 2000 a setembro de 2001 durante a admissao da parturiente no Centro Obstetrico e quando a mesma ja se encontrava internada, independente do tempo de internacao. Foram identificados 29 diferentes diagnosticos, com frequencia, variando de 0,5 por cento a 100º/a, cuja media foi de 11,8 diagnosticos por parturiente. Os diagnosticos de enfermagem observados em 100 por cento das parturientes foram: Risco para infeccao e Risco para perfusao tissular materno-fetal ineficaz, os fatores de riscos mais frequentes foram, respectivamente, toque vaginal e contracao uterina. Os diagnosticos identificados entre 75 e 99,0 por cento das parturientes foram: Conforto alterado (91,7 por cento), Dor aguda (90,6 por cento), Nutricao desequilibrada para menos que a necessidade (83,9 por cento) e Medo (76,1 por cento). As caracteristicas definidoras mais frequentes reconhecidas para os diagnosticos foram, respectivamente, dor (98,8 por cento), evidencia observada (100 por cento), relato ou evidencia falta de comida (100 por cento) e identificacao do objeto do medo/dor (86,8 por cento). Os fatores relacionados identificados em 100 por cento...(au)
Palavra-chave Processos de Enfermagem
Trabalho de Parto
Planejamento de Assistência ao Paciente
Parto
Gravidez
Nursing Process
Labor, Obstetric
Patient Care Planning
Parturition
Pregnancy
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 200} p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 200} p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18354

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta