Consumo de fibra alimentar e de macronutrientes por crianças com constipação crônica funcional

Consumo de fibra alimentar e de macronutrientes por crianças com constipação crônica funcional

Título alternativo Fiber and nutrients intake in constipated children
Autor Gomes, Rosane C. Google Scholar
Maranhão, Hélcio S. Google Scholar
Pedrosa, Lúcia De Fátima C. Google Scholar
Morais, Mauro Batista de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Norte Centro de Ciências da Saúde Departamento de Pediatria
Universidade Federal do Rio Grande do Norte Centro de Ciências da Saúde Departamento de Nutrição
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVES: The aim of this case-control study was to evaluate the intake of fiber alimentary and macronutrients in constipated children. METHODS: Fifty-four children (aged 2-12 yr) with diagnosis of chronic functional constipation were investigated at the Pediatric Hospital, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brazil. They were age and sex matched with 50 patients without constipation. A standard questionnaire was applied to both groups and a 3 day dietary record was analyzed by computer software. RESULTS: The mean age at onset of symptoms was 29,0 ± 26,1 months. There was not sex predominance and no difference about nutritional condition between the groups. Constipated children ate less fiber, proteins, lipids, carbohydrates and less caloric and protein adequated percentuals. The proportion of children who ate less dietary fiber than recommended (age + 5 g /day) was greater in the constipated group (83,3%) than in controls (66,6%); odds ratio 2,6. CONCLUSION: Constipated children ate less fiber and macronutrients than children without constipation. Intake of dietary fiber below the minimum recommendation is a risk factor for chronic functional constipation in children.

OBJETIVOS: Estimar o consumo de fibra alimentar e de macronutrientes por crianças com constipação crônica funcional atendidas em ambulatório especializado. CASUÍSTICA E MÉTODOS: O estudo caso-controle foi desenvolvido no Hospital de Pediatria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brasil. Foram analisadas 54 crianças na faixa etária de 2 a 12 anos com constipação crônica funcional, pareadas por sexo e faixa etária com 50 crianças sem constipação (grupo-controle). A avaliação do consumo alimentar foi feita através do registro alimentar de 3 dias e a análise e adequação das dietas foram realizadas por programa informatizado. RESULTADOS: Em 59,3% dos casos a constipação teve início nos dois primeiros anos de vida. Não houve diferença quanto ao sexo no grupo com constipação, nem associação entre constipação e desnutrição nas crianças estudadas. A quantidade de alimentos ingerida por crianças com constipação foi menor quando comparada à do grupo-controle. O consumo médio diário de energia, proteínas, carboidratos e lipídios foi significativamente menor no grupo de crianças com constipação, assim como os percentuais de adequação calórica e protéica. A ingestão média de fibra alimentar total (g/dia) foi estatisticamente menor no grupo com constipação (6,9 + 3,4) do que no grupo controle (8,6 + 4,2). A proporção de crianças consumindo menos fibra alimentar em relação ao mínimo recomendado pela Fundação Americana de Saúde (idade + 5 g) foi maior no grupo com constipação (83,3%) do que no grupo controle (66,0%). A odds ratio foi igual a 2,6. CONCLUSÕES: Houve menor consumo de fibra alimentar, de energia, proteínas, carboidratos e lipídios por crianças com constipação, assim como menor percentual de adequação calórica e protéica. O baixo consumo de fibra alimentar foi considerado como fator de risco para o desenvolvimento de constipação crônica funcional.
Palavra-chave Dietary fiber
Constipation
Child
Fibra na dieta
Constipação
Criança
Idioma Português
Data de publicação 2003-09-01
Publicado em Arquivos de Gastroenterologia. Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED, v. 40, n. 3, p. 181-187, 2003.
ISSN 0004-2803 (Sherpa/Romeo)
Publicador Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Extensão 181-187
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-28032003000300009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-28032003000300009 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1835

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-28032003000300009.pdf
Tamanho: 8.630MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta