Microcorrente elétrica associada ao peling de ácido tricloroacético (ATA) em pele de ratos

Microcorrente elétrica associada ao peling de ácido tricloroacético (ATA) em pele de ratos

Título alternativo Eletric microcurrent associate to trichoroacetic acid in the mice skin
Autor Santos, Vilma Natividade Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ferreira, Lydia Masako Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Cirurgia Translacional – São Paulo
Resumo Objetivo: investigar se a microcorrente elétrica altera o período de restauração da área submetida ao peeling de ATA (Ácido Tricloroacético). Método: aplicamos a microcorrente elétrica, 48 horas pós-peeling de ATA, usando uma freqüência de 0,5Hz, intensidade de 50A, tempo de 20 minutos, com eletrodos positivo e negativo ao redor da lesão. Avaliamos a área da lesão no 7,14 e 21 dia pós-peeling com os métodos Gabarito de Papel e Sigma Scan e no 21 dia análise histológica. Resultados: na análise histológica observamos um amadurecimento dos fibroblastos e colágeno tipo fibrótico, no grupo experimental em relação ao grupo controle, e, por meio das avaliações Gabarito de Papel e Sigma Scan, tivemos um menor tempo para restauração total da área tratada. Conclusão: o método da MENS (microcorrente elétrica) proporcionou uma restauração da pele mais rápida e com melhor aspecto em relação ao grupo controle.
Assunto Cicatrização
Terapia por Estimulação Elétrica
Ácido Tricloroacético
Idioma Português
Data 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 41 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 41 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18343

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta