Papel dos proteoglicanos de heparam sulfato de matriz e superfície na divisão celular

Papel dos proteoglicanos de heparam sulfato de matriz e superfície na divisão celular

Título alternativo The role of proteoglycans of cell surface and extracellular matrx on the cell proliferation, using as a experiental model endothelial cells and melanoma
Autor Moreira, Claudia Regina Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Nader, Helena Bonciani Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O presente trabalho visa o estudo do papel dos proteoglicanos (PGs) da superficie e matriz extracelular (MEC) na divisao celular empregando como modelo celulas endoteliais e de melanoma em cultura. O ester de forbol PMA, um ativador da PKC, apresentou um duplo efeito no crescimento de celulas endoteliais: acao mitogenica no inicio de G1 e acao antiproliferativa ao final de G1, bloqueando a passagem de G1 para a fase S. Por outro lado, PMA estimulou especificamente a sintese de PGHS de maneira dose-dependente em Gol Gl. Alem do PMA, somente o ionoforo de Ca2+ foi capaz de induzir o aumento na sintese de proteoglicano de heparam sulfato (PGHS). De maneira semelhante ao PMA, a bradicinina (BK) estimulou a sintese de PGHS e tambem bloqueou o ciclo celular. O conjunto de dados sugere o envolvimento de diversas isoformas da PKC nestes dois processos, em especial as isoformas de PKC dependentes de calcio. Utilizando n-butanol, um inibidor da PKC, observamos que a biossintese de PGHS nao foi totalmente abolida, indicando a existencia de outra via para a biossintese de PGs, independente da PKC. Esta outra via poderia ser representada por NO, pois dados da literatura mostram que BK interfere na producao deste composto. A importancia dos PGs na proliferacao celular foi estudada empregando-se xilosideos ligados a diferentes agliconas, que atuam como moleculas aceptoras para a biossintese dos glicosaminoglicanos (GAG). Dentre todos os compostos testados, o-nitrofenii-P-D-xilosideo e o melhor aceptor para a sintese de HS sendo o unico composto capaz de alterar o ciclo celular, por bloquear a entrada do ciclo na fase S. Este efeito e similar ao apresentado pelo tratamento de celulas endoteliais com PMA e BK. Estudando PGs de celulas de melanoma e expressao de glicosidases e proteases, foi possivel demonstrar que as celulas com maior potencial invasivo, e portanto maior capacidade migratoria, apresentaram aumento na excrecao de cisteinoproteases (tipo tiol). Por outro lado, as celulas de menor potencial metastatico, apresentam maior atividade das exoglicosidases...(au)
Palavra-chave Proteoglicanas
Glicosaminoglicanas
Ciclo celular
Bradicinina
Ésteres de forbol
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 134 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 134 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18326

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta