Papel dos proteoglicanos de heparam sulfato de matriz e superfície na divisão celular

Papel dos proteoglicanos de heparam sulfato de matriz e superfície na divisão celular

Título alternativo The role of proteoglycans of cell surface and extracellular matrx on the cell proliferation, using as a experiental model endothelial cells and melanoma
Autor Moreira, Claudia Regina Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Nader, Helena Bonciani Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O presente trabalho visa o estudo do papel dos proteoglicanos (PGs) da superficie e matriz extracelular (MEC) na divisao celular empregando como modelo celulas endoteliais e de melanoma em cultura. O ester de forbol PMA, um ativador da PKC, apresentou um duplo efeito no crescimento de celulas endoteliais: acao mitogenica no inicio de G1 e acao antiproliferativa ao final de G1, bloqueando a passagem de G1 para a fase S. Por outro lado, PMA estimulou especificamente a sintese de PGHS de maneira dose-dependente em Gol Gl. Alem do PMA, somente o ionoforo de Ca2+ foi capaz de induzir o aumento na sintese de proteoglicano de heparam sulfato (PGHS). De maneira semelhante ao PMA, a bradicinina (BK) estimulou a sintese de PGHS e tambem bloqueou o ciclo celular. O conjunto de dados sugere o envolvimento de diversas isoformas da PKC nestes dois processos, em especial as isoformas de PKC dependentes de calcio. Utilizando n-butanol, um inibidor da PKC, observamos que a biossintese de PGHS nao foi totalmente abolida, indicando a existencia de outra via para a biossintese de PGs, independente da PKC. Esta outra via poderia ser representada por NO, pois dados da literatura mostram que BK interfere na producao deste composto. A importancia dos PGs na proliferacao celular foi estudada empregando-se xilosideos ligados a diferentes agliconas, que atuam como moleculas aceptoras para a biossintese dos glicosaminoglicanos (GAG). Dentre todos os compostos testados, o-nitrofenii-P-D-xilosideo e o melhor aceptor para a sintese de HS sendo o unico composto capaz de alterar o ciclo celular, por bloquear a entrada do ciclo na fase S. Este efeito e similar ao apresentado pelo tratamento de celulas endoteliais com PMA e BK. Estudando PGs de celulas de melanoma e expressao de glicosidases e proteases, foi possivel demonstrar que as celulas com maior potencial invasivo, e portanto maior capacidade migratoria, apresentaram aumento na excrecao de cisteinoproteases (tipo tiol). Por outro lado, as celulas de menor potencial metastatico, apresentam maior atividade das exoglicosidases...(au)
Assunto Proteoglicanas
Glicosaminoglicanas
Ciclo celular
Bradicinina
Ésteres de forbol
Idioma Português
Data 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 134 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 134 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18326

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)