Fisoterapia e toxina botulinica tipo A no tratamento de sequelas motoras em pacientes com paralisia cerebral hemiplegico-espastica: ensaio clinico randomizado

Fisoterapia e toxina botulinica tipo A no tratamento de sequelas motoras em pacientes com paralisia cerebral hemiplegico-espastica: ensaio clinico randomizado

Título alternativo Physiotherapy and botolinum toxin A in the treatment of patients with chronic motor impairment cerebral palsy hemiplegic-spastic: randomized clinical trial
Autor Leite, Jacqueline Maria Resende Silveira Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Contexto. A Comissao Mundial de Paralisia Cerebral define a paralisia cerebral como sendo um disturbio de postura e movimento persistente, porem nao imutavel, causado por lesao no sistema nervoso em desenvolvimento, antes ou durante o nascimento ou nos primeiros meses da Jactancia. As lesoes sao no cortex motor, na area pre-motora e na via piramidal. A espasticidade e definida como um aumento do tonus muscular, com exacerbacao dos reflexos profundos decorrente de hiperexcitabilidade do reflexo de estiramento; afeta, predominantemente, os musculos antigravitarios. A TBA e uma neurotoxina que atua na juncao neuromuscular, bloqueando a liberacao do neurotransmissor acetilcolina promovendo paresia muscular. Esta propriedade da TBA pode ser utilizada terapeuticamente nos pacientes com paralisia cerebral tipo hemiplegico-espastica, ja havendo estudos demonstrando inequivoca melhora do quadro clinico (principalmente da marcha) com este tratamento, nao havendo entretanto informacoes a respeito do papel da fisioterapia associada a TBA na melhora destes pacientes. Objetivo - Investigar o quanto a TBA isoladamente ou em associacao com a fisioterapia facilita a melhora da marcha em pacientes com paralisia cerebral hemiplegico espastica, submetidos a dois tipos de tratamento: medicamentoso e placebo; medicamentoso e fisioterapia. Desenho - Ensaio Clinico Randomizado Material e Metodo - Serao estudados 54 pacientes, de ambos os sexos, idade de 3 a 14 anos que preencham os criterios de inclusao do estudo, para selecao dos 2 grupos de tratamento: grupo 1 (27 pacientes) que recebera a aplicacao da TBA e placebo, e o grupo 2 (27 pacientes) que recebera a aplicacao da TBA mais o tratamento fisioterapeutico. Serao submetidos a uma avaliacao neurologica e fisioterapeutica no inicio e no final de 03 meses, quando se encerrara o estudo
Palavra-chave Paralisia Cerebral
Toxinas Botulínicas Tipo A
Hemiplegia
Marcha
Fisioterapia
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 59 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 59 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18292

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta