Estudo histomorfometrico do ramo interventricular anterior de coracoes humanos de diferentes faixas etarias com ponte de miocardio

Estudo histomorfometrico do ramo interventricular anterior de coracoes humanos de diferentes faixas etarias com ponte de miocardio

Título alternativo Histomorfometric study of the anterior interventricular branch from human hearts of different ages with myocardial bridge
Autor Jordao, Maria Tereza Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Este trabalho teve por objetivo realizar um estudo histomorfometrico dos segmentos arteriais pre-pontino, pontino e pos-pontino do ramo interventricular anterior (IVA) em coracoes humanos de diferentes faixas etarias, com pontes de miocardio, estabelecendo possiveis correlacoes morfofuncionais. Metodos: Utilizou-se para o presente estudo, 22 coracoes de individuos de diferentes faixas etarias, de ambos os sexos, de diferentes racas, com ponte de miocardio, provenientes do Servico de Verificacao de obito da Capital de São Paulo, com causa morfis nao atribuida ao sistema cardiovascular. Para analise em microscopia de luz, os cortes histologicos foram corados com as tecnicas de Tricromio de Masson modificado para evidenciacao dos componentes colagenos e musculares, Weigert van-Gieson para visualizacao dos componentes musculares, colagenos e elasticos e Hematoxilina-eosina para evidenciacao dos componentes celulares. Para verificar o indice de espessamento da tunica intima utilizou-se o material que foi submetido ao tratamento histologico e coradas com o metodo Weigert van-Gieson. Mensurou-se as tunicas intima e media em dois pontos de maior e menor espessamento e tres pontos aleatorios totalizando cinco mensuracoes. Resultados: Em todos os grupos analisados, quando o espessamento esteve presente, este foi maior no segmento pre-pontino, comparado com os segmentos pontino e pos-pontino. Houve diferencas estatisticamente significativas entre os segmentos pre-pontino e pontino e pre-pontino e pos-pontino. Porem, diferencas estatisticamente significantes nao foram encontradas entre os segmentos pontino e pos-pontino. Conclusao: Estes resultados sugerem que a ponte de miocardio pode representar um fator de protecao ao vaso contra o aparecimento de aterosclerose, uma vez que, a espessura do segmento pontino, independente da faixa etaria, apresentou apenas pequenas alteracoes quantitativas e qualitativas
Palavra-chave Miocárdio
MORFOLOGIA
Arteriosclerose
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 74 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 74 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18285

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta