Modelo de teleducação para identificação precoce de lesões potencialmente malignas em público não médico

Modelo de teleducação para identificação precoce de lesões potencialmente malignas em público não médico

Título alternativo Telemedicine model for training early recognition of malignant skin lesions by non-medical persons
Autor Enokihara, Mauro Yoshiaki Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Rotta, Osmar Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O diagnostico precoce do melanoma cutaneo e um desafio e uma importante tarefa na definicao do seu prognostico. Temos como objetivo o desenvolvimento de um ambiente educacional, para o reconhecimento de lesoes melanociticas potencialmente malignas disponivel por meio da Web dirigido ao publico nao medico e contribuir como uma das estrategias em campanhas de esclarecimento e tomada de decisao diante desta doenca. Foram desenvolvidos dois modelos de site: o denominado modeloweb foi composto com as informacoes disponiveis na Web e o site pintanapele criado com as seguintes caracteristicas: 1. Elaboracao de texto reduzido, em linguagem simples, com mensagens diretas e objetivas, que permitam a aquisicao rapida do conhecimento pretendido; 2. Procurar reunir um conjunto de imagens de lesoes pigmentadas benignas, potencialmente e verdadeiramente malignas, nos seus diferentes estagios evolutivos para: elaboracao do material instrutivo, em contraste com os materiais atualmente w disponiveis nos cites brasileiros pesquisados para publico leigo; 3. Correlacao das imagens com as areas anatomicas, para que se tivesse nocao da localizacao e do tamanho da lesao, ao contrario de muitos modelos que somente utilizam imagens de aproximacao (close up); 4. Informacao integrada: permitindo ao leitor compreender de forma simples e logica o assunto exposto; e S.Estruturacao iconografica: criacao de esquemas, personagens e outros materiais visuais para estimular a memoria associativa do leitor, facilitando a compreensao do topico abordado. Foram selecionadas 60 imagens de lesoes cutaneas benignas, potencialmente e verdadeiramente malignas, confirmadas, pelo exame histopatologico, para que os participantes opinassem se deveriam encaminhar ou nao para o dermatologista, previamente a apresentacao dos sites em grupos distintos. Apos a visualizacao dos sites, os participantes respondiam aos mesmos testes iniciais com a finalidade de se comparar se mudavam ou mantinham a decisao de encaminhar ou nao ao dermatologista. Foi aplicado o teste de...(au)
Palavra-chave Neoplasias cutâneas
Melanoma
Telemedicina
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 106 + 128 anexos p. tab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 106 + 128 anexos p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18269

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta