Efeitos do peroxido de hidrogenio (H2O2) sobre os mecanismos de transducao de sinal longitudinal de ileo de cobaia

Efeitos do peroxido de hidrogenio (H2O2) sobre os mecanismos de transducao de sinal longitudinal de ileo de cobaia

Título alternativo Effect of exogenous oxidative stress induce by H2O2 on the reactivity of the isolated longitudinal kayer of the guinea pig ileum
Autor Simonato, Andrea Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O objetivo desse trabalho foi investigar o efeito do estresse oxidativo induzido pela administracao exogena de H20, sobre a reatividade da camada longitudinal do ileo de cobaia, focalizando inicialmente o efeito proprio dessa ROS sobre o, tonus basal) niveli de peroxidacao lipidica el canais, ionicos' e )osteriormente, o efeito dessa ROS sobre os acoplamentos eletro 'armacomecanico responsavel pelo disparo da resposta contratil estimulada pel presenca de KCI no meio externo e adicao de ACh, um agonista do receptor M3, da Lis2-Al 1, agonista sintetico do receptor AT, e BK, agonista do receptor 132 . O H202 induziu respostas contrateis isometricas lentas e transientes, tipo tonica, da CLIC, com o efeito maximo sendo observado para 0,3 ou 1 mM. Essa resposta foi totalmente bloqueada pela presenca de verapamil (1 pM), um bloqueador de canais de Ca 2' do tipo L, dependentes de potencial (VOCs de Ca 2+), e parcialmente inibida em presenca de DIVISO 100 gM, um varredor de radicais OH' Alem disso, essa ROS ativo­ indiretamente e de modo tempo dependente, canais de K+ de alta condutancia, dependentes de Ca 2- e de potencial (canais maxi-K+), e nao induziu peroxidacao lipidica em nivel elevado o suficiente) para) ser) detectado, pelo metodo de medida dose produtos da peroxidacao com o TBARs. Em relacao ao acoplamento eletromecanico, a administracao exogena de H202 1 mM determinou queda da resposta contratil maxima, tempo dependente, de cerca de 40 por cento apos 25 min de pre-exposicao do tecido a ROS, sem contudo afetar a relacao de amplitudes entre os componentes fasico e tonico da contracao. Em relacao a curva concentracao-resposta ao KC a faixa de sensibilidade nao foi afetada, tampouco a concentracao de KCI que produzi 50 por cento do Emax, porem a Emax sofreu queda proporcional a concentracao de ROS presente no meio externo. As curvas concentracoes-respostas ao KCI em presenca da ROS nao foram afetadas pela presenca do DIVISO, mas foram ainda mais inibidas em presenca do DTPA...(au)
Palavra-chave Peróxido de Hidrogênio
Íleo
Cobaias
Canais de Potássio
Técnicas de Patch-Clamp
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 91 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 91 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18215

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta