Estudo da importância dos núcleos do tracto solitário no controle da pressão arterial de ratos espontaneamente hipertensos

Estudo da importância dos núcleos do tracto solitário no controle da pressão arterial de ratos espontaneamente hipertensos

Título alternativo Study of the importance of the nucleus of the solitary tract on arterial pressure control in spontaneously hypertensive rats
Autor Sato, Monica Akemi Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Colombari, Eduardo Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Nos ratos espontaneamente hipertensos (SHR), a pressao arterial comeca a se elevar 2 a 3 semanas apos o nascimento e um plato de hipertensao e atingido com 12 a 14 semanas de idade. Varios estudos mostraram que a pressao arterial elevada dos SHR parece estar associada a atividade simpatica aumentada. A destruicao quimica do simpatico com 6hidroxidopamina interfere significantemente no desenvolvimento da hipertensao dos SHR. Diferentes estudos tem sugerido o envolvimento dos neuronios catecolaminergicos centrais nos mecanismos de hipertensao. A sensibilidade dos barorreceptores no controle reflexo da frequencia cardiaca parece estar diminuida nos SHR, porem existem controversias em relacao a sensibilidade do barorreflexo quando analisado pelo controle da atividade simpatica. Existem evidencias de que a atividade dos aferentes quimiorreceptores esta aumentada nos SHR, o que levou a sugerir o possivel envolvimento dos quimiorreceptores nos mecanismos de hipertensao. O nucleo do tracto solitario comissural (NTScom) contem os neuronios catecolaminergicos do grupo A2. Trabalhos demonstraram que a lesao eletrolitica do NTScom abole as respostas reflexas dos quimiorreceptores carotideos induzidas pelo cianeto de potassio. Outras evidencias mostraram que ratos Wistar com lesao do NTScom e desnervacao aodica permanecem normotensos, enquanto ratos com lesao ficticia do NTScom e desnervacao aortica tornam-se hipertensos, sugerindo uma possivel participacao dos quimiorreceptores nos mecanismos de hipertensao neurogenica. Portanto, considerando-se as evidencias de que: a) o NTScom contem os neuronios catecolaminergicos do grupo A2 e b) a lesao eletrolitica do NTScom abole o quimiorreflexo induzido pelo cianeto de potassio e sabendo-se que nos SHR, os aferentes quimiorreceptores apresentam atividade...(au)
Palavra-chave Núcleo solitário
Pressão arterial
Ratos endogâmicos SHR
Células quimiorreceptoras
Sistema nervoso autônomo
Sistema nervoso simpático
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 204 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 204 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18149

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta