Grau de exposição a praguicidas organoclorados em moradores de aterro a céu aberto

Grau de exposição a praguicidas organoclorados em moradores de aterro a céu aberto

Título alternativo Levels of exposure to organochlorine pesticides in open-air dump dwellers
Autor Santos Filho, Eladio Google Scholar
Silva, Rebeca de Souza e Autor UNIFESP Google Scholar
Barretto, Heloisa H C Google Scholar
Inomata, Odete N K Google Scholar
Lemes, Vera R R Google Scholar
Kussumi, Tereza Atsuko Google Scholar
Rocha, Sônia O B Google Scholar
Instituição Secretaria de Estado da Saúde Hospital Guilherme Álvaro
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Instituto Adolfo Lutz
Resumo OBJECTIVE: To estimate the degree of internal exposure to organochlorine pesticides (persistent organic pollutants, POP) among inhabitants of an open-air dump. METHODS: This was an observational study with simultaneous measurement and control, in which the criterion for subjects was that they dwelled in an area contaminated by POP and the effect of such contamination was the concentration of such substances into the blood. The study population consisted of 238 people living on an open-air dump in Pilões, in the municipality of Cubatão, SP, Brazil, and the control population was formed by 258 people, also resident in that municipality, in the Cota 200 district. The following pesticides were analysed: hexachlorobenzene (HCB), p-p'DDT, p-p'DDE, p-p'DDD, o-p'DDT, a HCH (hexachlorocyclohexane); b HCH; g HCH; aldrin; dieldrin; endrin; heptachlor; heptachlor-epoxy and mirex. RESULTS: The average blood level of HCB in Pilões was 4.66 µg/l, which was 155 times higher than the average for Cota 200 (0.03 µg/l). In Pilões the average blood concentration of total DDT was 3.71 µg/l, which was twice the level found in Cota 200 (1.85 µg/l). Total HCH presented blood concentrations that were six times greater in Pilões (0.84 µg/l versus 0.13 µg/l). CONCLUSIONS: A positive association was shown between dwelling in Pilões and the presence of POP in the blood, with much higher risks than in localities without the presence of these contaminants.

OBJETIVO: Estimar o grau de exposição interna aos praguicidas organoclorados (POP) dos moradores de um atêrro a céu aberto. MÉTODOS: Estudo observacional, de aferição simultânea e controlado, cujo fator de estudo foi residir em área contaminada por POP e o efeito foi a concentração sanguínea dessas substâncias. A população de estudo foi de 238 pessoas residentes em um aterro a céu aberto (Pilões), no município de Cubatão, SP; e a população de controle ficou dimensionada em 258 pessoas, também residentes no mesmo município (Cota 200). Foram analisados os praguicidas HCB, p-p'DDT, p-p'DDE, p-p'DDD, o-p'DDT, a HCH; b HCH; g HCH; Aldrin; Dieldrin; Endrin; Heptaclor; Heptaclor-epoxi e Mirex. RESULTADOS: Os teores médios sangüíneos de HCB em Pilões foram de 4,66 µg/L, 155 vezes maior que a média na Cota 200 (0,03 µg/L). Em Pilões, os teores médios de DDT total foram de 3,71 µg/L, duas vezes maior do que na Cota 200 (1,85 µg/L) e o HCH total apresentou concentrações sangüíneas seis vezes maiores em Pilões, 0,84 µg/L, contra 0,13 µg/L. CONCLUSÕES: Evidenciou-se associação positiva entre residir em Pilões e apresentar teores sangüíneos de POP, com risco muitas vezes maior quando comparado a localidades sem a presença desses contaminantes.
Palavra-chave Environmental exposure
Insecticides
Sanitary landfill
Hazardous waste disposal
Environmental pollution
Risk factors
Exposição ambiental
Inseticidas organoclorados
Aterros sanitários
Disposição de resíduos perigosos
Poluição ambiental
Fatores de risco
Idioma Português
Data de publicação 2003-08-01
Publicado em Revista de Saúde Pública. Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, v. 37, n. 4, p. 515-522, 2003.
ISSN 0034-8910 (Sherpa/Romeo)
Publicador Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Extensão 515-522
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102003000400018
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-89102003000400018 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1814

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0034-89102003000400018.pdf
Tamanho: 175.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta