Dimensionamento e redimensionamento do quadro de pessoal da unidade neonatal de um hospital escola: uma contribuição para a qualidade da assistência de enfermagem

Dimensionamento e redimensionamento do quadro de pessoal da unidade neonatal de um hospital escola: uma contribuição para a qualidade da assistência de enfermagem

Título alternativo Personnel board dimensioning and redimensioning of the neonatal unit of a schoal-hospital: a contribution for the nursing assistance quality
Autor Medeiros, Mauriceia Costa Lins de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ohara, Conceição Vieira da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O presente estudo descritivo exploratorio teve como objetivos: classificar os recem-nascidos dos bercarios patologico e prematuro de um hospital-escola, segundo sua complexidade assistencial, atraves do instrumento de classificacao de FUGULIN et al. (1994), referendado pela Resolucao COFEN n.º 189/96; dimensionar o quadro de pessoal de enfermagem destas unidades usando os parametros determinados pela Resolucao COFEN n.º 189/96; contribuir para o redimensionamento do Servico de Enfermagem do hospital pesquisado, frente as necessidades de assistencia dos recem-nascidos. A projecao do dimensionamento do quadro de pessoal seguiu o modelo apresentado por GAIDZINSKI (1998). Este quadro foi analisado, levando-se em conta o perfil da equipe de enfermagem, a complexidade assistencial dos recem-nascidos, o percentual de ausencias previstas (ferias) e nao previstas (faltas, licencas) dessa equipe e as horas de assistencia de enfermagem preconizadas pela Resolucao. Com a classificacao dos recem-nascidos verificou-se que a maioria deles estao em cuidado intermediario. Evidenciou-se que, no bercario prematuro, ha um numero maior de recem-nascidos e de maior complexidade assistencial. A avaliacao do quadro de pessoal dessas unidades mostrou que as horas de assistencia de enfermagem sao inferiores as recomendadas pela Resolucao COFEN n.º 189/96. A identificacao das ausencias demonstrou que as ausencias por, ferias, representam valores mais elevados para a cobertura de pessoal. O percentual de absenteismo foi mais elevado no bercario patologico, predominantemente para a categoria de auxiliar/tecnico de enfermagem. O absenteismo por licenca medica mostrou-se elevado, principalmente no bercario patologico. Este estudo aponta como referencial, para o Servico de Enfermagem, a reestruturacao do quadro de pessoal, um aumento do mesmo e a fusao das unidades, garantindo maior racionalidade dos recursos humanos e materiais
Palavra-chave Recursos humanos de enfermagem no hospital
Pacientes/classificação
Cuidados de enfermagem
Recém-nascido
Nursing staff, hospital
Patients/classification
Nursing care
Infant, newborn
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 105 p. graf.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 105 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18114

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta