Os estoques intracelulares de cálcio e a apoptose na musculatura lisa do cólon de ratos senescentes

Os estoques intracelulares de cálcio e a apoptose na musculatura lisa do cólon de ratos senescentes

Título alternativo Ca2+ of stocks intracellulares and apoptosis in the smooth musculature of colon in senescents rats
Autor Lopes, Guiomar Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Jurkiewicz, Aron Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Com o objetivo de detectar alteracoes na musculatura lisa intestinal pelo envelhecimento, estudamos simultaneamente a contracao e a mobilizacao de Ca2+, com o indicador fura-2 no colon de rato, em varias condicoes experimentais. Alem disso, estudamos as mudancas de potencial de membrana e abertura do poro de transicao de permeabilidade (PTP) mitocondrial, usando o indicador TMRE em microscopia confocal. Estudamos tambem a ultra-estrutura das mitocondrias e quantificamos celulas apoptoticas. Verificamos que: 1-o agonista muscarinico MeCh produziu nos animais velhos, em liquido normal (LN), maior contracao fasica do que nos animais adultos. Entretanto, a contracao sustentada e o aumento transiente do Ca 2+ foram semelhantes em velhos e adultos. Alem disso, o efeito maximo foi atingido mais rapidamente para a fluorescencia do que para a contracao, sem diferencas significantes entre velhos e adultos. 2- a Tapsigargina (Tap), que bloqueia a captacao de Ca2+ pelo reticulo sarcoplasmatico, produziu oscilacoes de Ca2+, que corresponderam a contracoes espontaneas, com grandes variacoes individuais, mas sem diferencas detectaveis entre velhos e adultos. Por outro lado, observamos que a contracao produzida pelo MeCh na presenca da Tap, nao se alterou, continuando maior em animais velhos. 3- a cafeina, utilizada para avaliacao do estoque de Ca 21 sensivel a rianodina, produziu aumento transiente de Ca 2+ e contracao nos dois grupos de animais (adultos e velhos). Por outro lado, reduziu a contracao e o aumento transiente de Ca 2+ produzido pelo MeCh, tanto nos animais adultos como nos velhos. Apos a reducao, nao foi possivel detectar diferencas entre velhos e adultos, possivelmente devido a grande variacao individual. 4- O protonoforo FCCP promoveu aumento do transiente de Ca2+ e da contracao, que foram maiores nos animais velhos que nos adultos. Por outro lado, nao foi possivel detectar alteracoes significativas no efeito do MeCh, tanto em relacao ao controle, quanto entre velhos e adultos, possivelmente devido a grande variacao individual. 4- Como esperado, tanto a contracao como a fluorescencia por MeCh nao foram reduzidas significantemente em LOCa. Pelo contrario, houve um aumentos das...(au)
Palavra-chave Envelhecimento
Colo
Mitocôndrias
Apoptose
Cálcio
Músculo liso
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 124 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 124 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18105

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta