Brasil atient Knowledge Questionnaire (PKQ) e avaliação do conhecimento específico sobre a doença de pacientes com artite reumatóide

Brasil atient Knowledge Questionnaire (PKQ) e avaliação do conhecimento específico sobre a doença de pacientes com artite reumatóide

Título alternativo Brazil Patient Knowledge Questionnaire (PKQ) and evaluation of specific knowledge about the disease in patients with rheumatoid arthritis
Autor Jennings, Fábio Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Natour, Jamil Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Criar a versao brasileira para o Patient Knowledge Questionnaire (PKQ), um instrumento de medida do conhecimento sobre a doenca de pacientes com artrite reumatoide (AR) e, atraves deste instrumento, medir o conhecimento de pacientes com AR de hospitais de referencia da cidade de São Paulo. Metodos: A traducao do PKQ para a lingua portuguesa foi realizada por dois professores da lingua inglesa ate se obter uma unica versao traduzida. Em seguida, esta versao foi novamente traduzida para o ingles (back translation), para avaliar a equivalencia com a versao original. A versao final na lingua portuguesa foi, entao, aplicada em 20 pacientes com AR, para realizar a adaptacao cultural. Nesta fase, as questoes nao entendidas por 20 por cento ou mais dos pacientes foram modificadas. A reprodutibilidade interobservador e intraobservador e a validade construtiva do PKQ foram testadas. O questionario foi, entao, aplicado em cem pacientes ambulatoriais com diagnostico de AR de quatro hospitais de referencia da cidade de São Paulo. Resultados: Para a adaptacao cultural, foram modificadas tres questoes do PKQ. Os coeficientes de correlacao de Spearman para reprodutibilidade e validacao do PKQ apresentaram valores entre 0,45 e 0,86, e os coeficientes de correlacao intraclasse, entre 0,62 e 0,94, sendo considerados estatisticamente significantes (p< 0,05). O escore medio do PKQ foi 12,96 e o tempo de aplicacao medio foi de 10,3 minutos, entre os cem pacientes avaliados. Os escores mais baixos foram observados nas questoes referentes as medicacoes e a protecao articular/conservacao de energia. Houve correlacao positiva dos escores do PKQ com escolaridade (r= 0,40) e negativa, com idade dos pacientes (r= -0,32) e com HAQ (r= -0,28). Conclusoes: A versao brasileira para o PKQ foi criada e mostrou ser um instrumento reprodutivel e valido. O conhecimento dos pacientes com AR sobre esta doenca e deficiente, especialmente nos dominios sobre medicacoes e protecao articular/ conservacao de energia
Palavra-chave Educação de Pacientes como Assunto
Questionários
Artrite Reumatoide
Patient Education as Topic
Questionnaires
Arthritis, Rheumatoid
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 86 p. tab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 86 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18039

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta