Estudo anatomico da arteria alveolar inferior humana

Estudo anatomico da arteria alveolar inferior humana

Título alternativo Anatomy study of the human inferior alveolar artery
Autor Schuldt, Liliane Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Analisar a arteria alveolar inferior, da origem a terminacao e sua relacao com o nervo alveolar inferior e musculos pterigoideos, segundo os aspectos morfologicos e morfometricos. Metodos: Dissecacao de 32 hemi-faces de individuos adultos do sexo masculino, pertencentes ao laboratorio de anatomia da UNIFESP Escola Paulista de Medicina. Apos criteriosa dissecacao, foram observadas as suas relacoes com a arteria maxilar, relacao com os ramos desta arteria, seu trajeto ate a entrada na mandibula, seus ramos descendentes ate a sua terminacao alem de medidas de distancia da arteria desde sua origem ate a sua terminacao. Alem disso, observamos a sua relacao com os musculos pterigoideos e o nervo alveolar inferior: ponto de encontro, antes ou apos o forame da mandibula, vascularizacao, posicao e envolvimento do mesmo. Resultados: Apos a analise do protocolo geral, observamos que a arteria alveolar inferior tem origem unica, em sua maioria, mas pode ter origens comuns com a arteria temporal posterior, pterigoidea lateral, pterigoidea medial e ramo lingual. Pode estar em numero de uma ou duas, sendo a primeira a mais frequente. Que se origina mais frequentemente entre a arteria temporal superficial e meningea media ou temporal superficial e temporal profunda posterior. Que a arteria pode terminar em tronco unico ou em diversos ramos terminais. Que sua relacao de vascularizacao com o nervo e bem acentuada no canal da mandibula e que apresenta distancias variadas ao longo de seu trajeto. Conclusoes: Partindo de seu ponto de encontro com o nervo alveolar inferior que acontece mais frequentemente apos o forame da mandibula, percebemos que seu envolvimento com ele aumenta a medida que se aproximam do processo alveolar da mandibula e que a arteria utiliza a morfologia mais espessa e resistente do nervo, para alcancar o osso alveolar ate onde permite o seu calibre. Desse modo, arteria e nervo seguem seu curso em cooperacao mutua, pois o nervo requer o suprimento sanguineo da arteria de diversas formas,, o que, por conseguinte estabelece muitas relacoes de posicao ao longo de seu curso no canal da mandibula
Palavra-chave Mandíbula/irrigação sanguínea
Artérias/anatomia & histologia
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 67 p. ilustabgraf.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 67 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18034

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta