Utilização da glicose e lactulose no diagnóstico de sobrecrescimento bacteriano no intestino delgado por meio do teste do hidrogênio no ar expirado

Utilização da glicose e lactulose no diagnóstico de sobrecrescimento bacteriano no intestino delgado por meio do teste do hidrogênio no ar expirado

Título alternativo The use of glucose and lactulose in the diagnosis of bacterial overgrowth in the small bowel, through breath hydrogen test
Autor Reis, Jairo Cesar dos Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Fagundes Neto, Ulysses Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos: Comparar a glicose e lactulose, como substrato, para o diagnostico de sobrecrescimento bacteriano no intestino delgado (SCBID) em criancas moradoras em favelas, por meio do teste do Hz no ar expirado e comparar os pontos de corte OH >_ 10 e OH >_ 20, para melhor caracterizar o diagnostico de SCBID nestas criancas. Metodos: O grupo de estudo foi constituido por 50 criancas moradoras na favela, com idades entre 5 e 10 anos. O grupo controle tambem foi constituido de 50 criancas, cujas residencias eram providas de saneamento basico e as criancas foram pareadas em sexo e idade. A avaliacao do estado nutricional dos grupos foi atraves do escore Z de indice de massa corporea, e ambos os grupos foram submetidos ao teste do H2 no ar expirado utilizando glicose e lactulose como substrato. O criterio de positividade para o diagnostico de SCBID foi o encontro de pico de H2 igual ou superior a 20 ppm em relacao a amostra de jejum ate o instante 60 minutos. Para analise comparativa foi tambem considerado positivo para SGBID o pico de H2 igual ou superior a 10 ppm em relacao a amostra de jejum ate o instante 60 minutos. Resultados: Duas criancas no grupo de estudo e 2 no grupo controle foram consideradas nao produtoras de hidrogenio, portanto, por serem pareados, cada grupo teve para analise 46 criancas. O escore Z de indice de massa corporea no grupo de estudo a media (DP) foi de 0,01 (n 0,80) e no grupo controle 0,48 (n 0,91). Comparando-se as medias dos dois grupos foi observada diferenca estatisticamente significante (p= 0.013). Neste presente trabalho, quando utilizado a glicose como substrato, encontraram-se valores de H2 bastante baixos. Nao se observou diferenca estatistica em nenhum dos tempos avaliados e em nenhum dos dois pontos de corte. Utilizando a lactulose constatamos que 50 por cento das criancas do grupo de estudo apresentaram picos precoces de H2 (antes de 60 minutos), quando utilizado o ponto de corte de OH >_ 20, e apenas 1 crianca, no grupo controle. Quando diminuido o ponto de corte para OH >_ 10 observamos 27 (59 por cento) criancas positivas para SCBID no grupo da favela, porem, 16 (35 por cento) criancas tambem foram positivas para SCBID no grupo controle. Conclusoes: Em uma comunidade de favelados, as agressoes impostas pelo ambiente em que vivem, influem negativamente na vida das criancas, sendo um dos mais graves a desnutricao A lactulose teve melhor desempenho para caracterizar individuos...(au)
Palavra-chave Lactulose
Glucose
Crescimento bacteriano
Intestino delgado
Criança
Áreas de pobreza
Oxigênio
Testes respiratórios
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 64 p. tabgraf.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 64 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18030

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta