Avaliacao da aorta toracica em pacientes com arterite de Takayasu pela ecocardiografiua transesofagica

Avaliacao da aorta toracica em pacientes com arterite de Takayasu pela ecocardiografiua transesofagica

Título alternativo Thoravic aorta evaluation by transesophageal echocardiography in Takayasu's arteritis
Autor Lira Filho, Edgard Bezerra de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A arterite de Takayasu e uma doenca cronica de etiologia desconhecida, de carater inflamatorio inespecifico, que envolve a aorta e seus principais ramos e, eventualmente, as arterias pulmonares, podendo causar lesoes dilatadas ou oclusivas, com prevalencia em mulheres jovens (abaixo de 45 anos). Apesar da distribuicao universal da arterite de Takayasu, existem diferencas regionais na apresentacao clinica da doenca, com variacoes do local e extensao do acometimento da aorta e ramos. O diagnostico e feito, geralmente, nas fases mais tardias da doenca pelas alteracoes vasculares e suas complicacoes, algumas potencialmente fatais como hipertensao arterial, insufiCiências cardiaca e renal. O acompanhamento dos pacientes com arterite de Takayasu baseia-se na avaliacao clinico-laboratorial para deteccao de atividade inflamatoria, apesar de nao haver marcadores especificos para isto, alem de monitorizar a acao terapeutica das drogas utilizadas com o intuito anti-inflamatorio e o tratamento de suporte das complicacoes da doenca. Varios metodos diagnosticos tem sido utilizados para avaliacao da aorta e ramos em pacientes com arterite de Takayasu, tais como ultrasonografia com mapeamento duplex, tomografia computadorizada, ressonancia nuclear magnetica e, particularmente, a angiografia. O ecocardiograma transesofagico tem, atualmente, um valor inquestionavel na avaliacao das doencas da aorta toracica, devido a alta qualidade das imagens obtidos, permitindo analisar alteracoes morfologicas e dinamicas do vaso, alem de ser um exame com baixo risco, de relativa facilidade de execucao e com boa reprodutibilidade. Nosso estudo teve o objetivo de identificar alteracoes morfo-funcionais da aorta toracica utilizando este metodo diagnostico, em um grupo de pacientes portadores de artrite de Takayasu, sem evidencias clinicas e laboratoriais de atividade inflamatoria da doenca. Foram estudados 14 pacientes portadores de arterite de Takayasu, sendo 13 do sexo feminino, com idade media de 30,2 anos e intervalo de tempo medio entre o diagnostico da doenca e a realizacao do exame de 55 meses. Todos foram submetidos a analise clinico-laboratorial e ecocardiograma transtoracico convencional, realizados previamente ao ecocardiograma transesofagico, tendo sido este bem tolerado e sem intercorrencias. Um grupo controle de 14 individuos com sexo, idade e superficie corporea semelhante ao grupo de estudo...(au)
Assunto Arterite de Takayasu
Ecocardiografia Transesofagiana
Aorta Torácica
Idioma Português
Data 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 99 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 99 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18011

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)