Aspectos perceptivos-auditivos e acusticos da voz em pacientes com a doenca do refluxo gastroesofagico

Aspectos perceptivos-auditivos e acusticos da voz em pacientes com a doenca do refluxo gastroesofagico

Título alternativo Perceptual-auditive and acustic aspects of the voice in patients wit gastroesophageal reflux disease
Autor Anelli, Wanderlene Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O objetivo desta pesquisa foi o de caracterizar a voz dos pacientes que apresentam a DRGE, utilizando a avaliacao subjetiva e objetiva da voz, procurando discutir qual ou quais biomecanismos levam a estas caracteristicas. Foram avaliados 37 pacientes de ambos os sexos, com idade variando de 20 a 50 anos (idade media: 36,8 anos). Todos foram encaminhados pelo gastroenterologista, que ja havia realizado a avaliacao clinica e a endoscopia digestiva alta, sendo as duas sugestivas da DRGE. Passaram por entrevista fonoaudiologica, avaliacao perceptivo-auditiva da voz, analise acustica computadorizada da voz, laringoestroboscopia e pHmetria de 2 canais por 24 horas. Quanto a sintomatologia gastrica obteve-se predominio da regurgitacao e da pirose; para a otorrinolaringologica, o pigarro e a presenca de secrecao em regiao da faringe elou laringe e, para a vocal, a fadiga e alteracao vocal intermitente. A laringoestroboscopia foi realizada em 23 pacientes e os sinais laringeos indicativos da presenca da DRGE mais encontrados foram os de hiperemia elou edema de borda livre das pregas vocais e espessamento elou hiperemia em comissura posterior. Todos os pacientes realizaram a pHmetria e 78 por cento (29 pacientes) apresentou resultado positivo para a DRGE. A avaliacao perceptivo-auditiva da qualidade vocal indicou que houve prevalencia de soprosidade e rouquidao, em grau leve. A media das medidas dos tempos maximos de fonacao apresentou-se abaixo do esperado para ambos os sexos. Quanto a analise acustica da voz observou-se que tanto as mulheres como os homens possuem a frequencia fundamental (Fo) dentro da normalidade. As medidas de perturbacao de frequencia Jitter por cento (Jitter Percent), PPQ (Pitch Period Perturbation Quotient) e vFo (Variacao da Frequencia Fundamental) e intensidade Shimmer por cento (Shimmer Percent) , APQ (Amplitude Perturbation Quotient) e vAm (Variacao da Amplitude) foram comparados com os dados de laringoestroboscopia e pHmetria positivas e negativas para a DRGE. Nesta comparacao nao encontramos todos os dados com significancia estatistica. Concluimos que as mulheres apresentam vFo acima da normalidade; os homens nao apresentam alteracao em nenhuma medida de perturbacao da frequencia; mulheres e homens possuem aumento nas medidas de perturbacao da intensidade, principalmente com relacao a vAm; quanto as medidas de ruido ha leve aumento da NHR (Noise-to-Harmonic Ratio) para as mulheres e o VTI (Voice Turbulence Index)...(au)
Palavra-chave Distúrbios da Voz
Refluxo Gastroesofágico
Laringe
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 162 p. ilustabgraf.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 162 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17971

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta