Comparação das técnicas de perfusão e de balões para realização da manometria anorretal em crianças portadoras de constipação intestinal

Comparação das técnicas de perfusão e de balões para realização da manometria anorretal em crianças portadoras de constipação intestinal

Título alternativo Comparison of ballon and perfusion methods on anorectal manometry in constipated children
Autor Marques, Geraldo Magela Nogueira Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: A manometria anorretal tem sido amplamente aceita como uma tecnica util de estudar objetivamente o complexo muscular esfincteriano. Duas tecnicas de manometria anorretal tem sido mais empregadas hoje em dia: tecnica de perfusao e tecnica de baloes. Nosso objetivo foi comparar as duas tecnicas em manometrias de criancas portadoras de constipacao intestinal que nao foram submetidas a qualquer procedimento cirurgico para correcao dessa constipacao. Metodo: Trinta e nove criancas, entre quatro e quatorze anos de idade (media = 7,5 anos) foram submetidas a manometria anorretal por ambas as tecnicas, a comecar pela tecnica de perfusao. Os parametros estudados foram: pressao de repouso, resposta pressorica a contracao voluntaria, resposta pressorica a tosse, resposta pressorica a estimulacao perianal, pressao maxima na curva pressorica e pesquisa do reflexo reto-esfincteriano. Na tecnica de perfusao demonstramos a profilometria do complexo muscular esfincteriano. A analise estatistica foi feita atraves de WILCOXON SIGNED RANKS TEST Resultados: A comparacao estatistica das tecnicas de perfusao e de baloes revelou diferenca estatisticamente significante na pressao de repouso (p=0,041), na resposta pressorica a contracao voluntaria (p=0,026) e na pressao maxima durante a curva pressorica (p=0,010). Nao houve diferenca estatisticamente significante na resposta pressorica a tosse (p=0,141) e na resposta pressorica a estimulacao perianal (p=0,117). O reflexo reto-esfincteriano foi demonstrado em vinte e um pacientes submetidos a tecnica de perfusao assim como a tecnica de baloes. Conclusao: Existe uma maior sensibilidade na tecnica de perfusao nos seguintes parametros: pressao de repouso, resposta pressorica a contracao voluntaria e pressao maxima na curva pressorica
Palavra-chave Manometria
Constipação Intestinal
Criança
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 65 p. ilus.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 65 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17950

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta