Validação do teste respiratório com uréia - 13C realizado com espectroscopia infravermelho em pacientes menores de 12 anos de idade

Validação do teste respiratório com uréia - 13C realizado com espectroscopia infravermelho em pacientes menores de 12 anos de idade

Título alternativo Validation of 13C-urea breath test as measured by infrared spectroscopy in patients up to 12-year-old
Autor Machado, Rodrigo Strehl Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Kawakami, Elisabete Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo [UNIFESP]
Pós-graduação Pediatria e Ciências Aplicadas à Pediatria – São Paulo
Resumo A acuracia do teste respiratorio com ureia-13C para o diagnostico e controle pos- tratamento de infeccao por Helicobacter pylori em criancas foi confirmada por alguns estudos, mas persistem duvidas a respeito de sua acuracia em criancas menores. O espectrometro infravermelho e um equipamento mais simples, com menores custos e facil manutencao comparado ao espectrometro de massa. Objetivos: avaliar a eficacia do teste respiratorio com ureia-13C realizado com espectroscopia infravermelho em pacientes menores de 12 anos de idade e verificar a relacao existente entre os valores de DOB e o grau de densidade bacteriana na mucosa gastrica. Metodos: 104 pacientes menores de 12 anos (de 6m a 11 a 8m, mediana 5a 3m) foram avaliados prospectiva e consecutivamente. Considerou-se padrao-ouro para infeccao por Helicobacter pylori, cultura positiva ou histologia e teste rapido da urease, ambos positivos. O exame foi realizado com 50mg de ureia-13C (ou 75mg se peso maior que 30kg), diluida em 50 a 200m1 de suco de laranja integral. Amostras de ar expirado foram coletadas antes e apos 30 minutos da inGestão do marcador. Teste respiratorio com ureia-13C foi considerado positivo se delta sobre o valor basal (delta over baseline, DOB) superior a 4,0 por cento. A taxa de hidrolise de ureia foi estimada de acordo com a producao de C02. Analise histologica foi feita de acordo com o sistema de Sydney modificado (Dixon et al, 1996). Metodos Estatisticos: A eficacia do teste respiratorio foi avaliada atraves do calculo da sensibilidade e especificidade. A comparacao entre os valores de DOB conforme o grau de colonizacao foi feita com o teste de Mann-Whitney. Resultados: 33/104 pacientes (31,7 por cento) estavam infectados por Helicobacter pylori. A prevalencia da infeccao aumentou conforme a idade: 7,1 por cento em lactentes, 25,9 por cento em pre-escolares e 50 por cento em pacientes com idade superior a 6 anos. A sensibilidade do teste respiratorio foi 97 por cento e a especificidade 95,8 por cento, tanto quando avaliado pelo DOB como pela taxa de hidrolise de ureia; em menores de 6 anos de idade a sensibilidade foi 93,3 por cento e a especificidade 96,2 por cento. Entre os pacientes infetados o valor de DOB variou de 0,3 por cento a 105,5 por cento (mediana 31,6 por cento), enquanto entre os nao infectados variou de -1,5 por cento a 23,1 por cento (mediana 0,5 por cento). Nao houve paciente com valores de DOB entre 2,6 por cento e 9,5 por cento. O valor mediano de DOB ...(au)
Assunto Humanos
Lactente
Criança
Infecções por helicobacter/diagnóstico
Ureia/uso diagnóstico
Gastrite/diagnóstico
Idioma Português
Data 2002
Publicado em MACHADO, Rodrigo Strehl. Validação do teste respiratório com uréia-13C realizado com espectroscopia infravermelho em pacientes menores de 12 anos de idade. 2002. 73 f. Dissertação (Mestrado) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2002.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 66 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17947

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Tese-7099.pdf
Tamanho: 1.530Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)