Estudo por ressonancia magnetica do comprometimento do neuronio motor superior na esclerose lateral amiotrofica.Analise comparativa de novas sequencias, FLAIR e T1 SE/MTC.A proposito de 25 casos

Estudo por ressonancia magnetica do comprometimento do neuronio motor superior na esclerose lateral amiotrofica.Analise comparativa de novas sequencias, FLAIR e T1 SE/MTC.A proposito de 25 casos

Título alternativo Magnetic resonance study of the superior motor neuron compromising in the amyotrophic lateral sclerosis.Comparative analysis of new sequence, FLAIR and T1 SE/MTC.Concerning 25 cases
Autor Rocha, Antônio José Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos: avaliar por ressonancia magnetica, pacientes com suspeita clinica de esclerose lateral amiotrofica (ELA) para estudo do comprometimento do neuronio motor superior (NMS) e do trato corticospinal (TCS). Metodo: foram estudados por ressonancia magnetica do encefalo (RM) 31 pacientes com suspeita clinica de ELA e 21 individuos de um grupo controle sem suspeita da doenca. Foram utilizadas sequencias fluid attenuated inversion recovery (FLAIR) e sequencia spin echo (SE) T1 com pulso adicional de transferencia de magnetizacao (TM), ambas no plano axial. Atraves da analise do TCS o principal objetivo do estudo e definir padroes de sinal que possam diagnosticar o comprometimento do NMS e consequentemente auxiliar no diagnostico da doenca. Foi utilizada a analise subjetiva do sinal do TCS em diferentes segmentos do seu trajeto intracraniano feita por dois neurorradiologistas habituados a interpretacao dessas duas sequencias de pulso. O sinal da regiao subcortical dos giros pre-centrais foi analisado nas duas sequencias, bem como a presenca de focos de hipersinal na substancia branca dos hemisferios cerebrais e a presenca de atrofia cerebral. Resultado: a sequencia FLAIR evidenciou alteracoes do sinal do TCS, bem como alteracoes focais do sinal da substancia branca dos hemisferios cerebrais, alem de hipersinal subcortical e alteracao do sinal do cortex dos giros pre-centrais. No entanto, nao houve diferenca estatisticamente significante entre os achados nos dois grupos de doentes e nao-doentes atraves do estudo dessa sequencia de pulso. A analise resultou na caracterizacao estatisticamente significante do hipersinal em todos os segmentos do TCS e na regiao subcortical dos giros pre-centrais quando foi empregada a sequencia T1 SE com pulso adicional de TM (T1 SE/MTC). Essa sequencia tambem foi capaz de demonstrar o TCS em doentes e nao-doentes. Conclusao: a sequencia T1 SE/MTC proporciona informacoes adicionais ao estudo do encefalo de individuos com suspeita clinica de ELA e permite a demonstracao do TCS em seu trajeto intracraniano em doentes e nao-doentes
Palavra-chave Neurônios Motores
Imagem por Ressonância Magnética
Doença dos Neurônios Motores
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 134 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 134 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17848

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta