Desenvolvimento e avaliação de um programa educativo para portadores de esquistossomose

Desenvolvimento e avaliação de um programa educativo para portadores de esquistossomose

Título alternativo Development and evaluation of na educative program for shstosomiasis patients
Autor Ribeiro, Patrícia de Jesus Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Borges, Durval Rosa Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução. A esquistossomose, endemica em 74 paises, infectando mais de 200 milhoes de pessoas, e serio problema de Saúde publica. No Brasil ha cerca de 30 milhoes em risco de desenvolver a doenca e 10 milhoes de infectados. Apesar de agente, hospedeiro intermediario, mecanismo de transmissao e tratamento do doente e da agua serem conhecidos sua persistencia esta relacionada a condicoes socio-economica, cultural e de higiene da populacao e a ignorancia. OBJETIVO. Desenvolver, implementar e avaliar um programa educativo para portadores de esquistossomose. METODO. Estudo descritivo desenvolvido no Ambulatorio de Esquistossomose do Hospital São Paulo. As variaveis independentes foram o programa educativo, nivel de escolaridade, idade, forma clinica sintomatologia da esquistossomose. A variavel dependente foi o desempenho dos pacientes antes e apos a aula. A populacao foi constituida por pessoas saudaveis (grupo 1) e esquistossomoticos (grupos 2 e 3), com 20 individuos em cada grupo. Elaboramos um questionario de avaliacao do desempenho dos grupos e material didatico (manual ilustrado e album seriado) adequado as caracteristicas da populacao estudada. RESULTADOS. A aula foi avaliada em 4 topicos: ciclo, clinica, tratamento e prevencao da doenca. Apos analise dos resultados, as questoes foram classificadas em 3 categorias: A (questoes relacionadas a conhecimento previo e independente do nivel escolar e da aula), B (questoes relacionadas a conhecimento previo, independentes do nivel escolar mas associadas a aula) e C (questoes relacionadas ao melhor nivel educacional e a aula). Nossos resultados permitiram classificar 12 das .7 questoes nas categorias B e C, destacando assim o efeito positivo da aula em 71 por cento das questoes, revelando o aproveitamento dos individuos que participaram da mesma (grupo 3). CONCLUSAO. Verificamos que o processo educativo sobre esquistossomose aplicado nesta populacao foi eficiente, uma vez que melhorou o conhecimento da populacao sobre a doenca
Palavra-chave Esquistossomose
Educação em saúde
Enfermagem em saúde comunitária
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 58 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 58 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17847

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta