Infeccao pelo Helicobacter pylori, tabaco, alcool e alteracoes do gene p53 no adenocarcinoma gastrico

Infeccao pelo Helicobacter pylori, tabaco, alcool e alteracoes do gene p53 no adenocarcinoma gastrico

Título alternativo Helicobacter pylori infection, tobacco, alcohol and p53 gene altertions in gastric adenocarcinoma
Autor Arruda, Severino Marcos Borba de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Cancer e a terceira causa de morte no Brasil. O Instituto Nacional do Cancer no Brasil estima para cancer de estomago, em 2001, uma incidencia, respectivamente para os sexos masculinos e femininos, de 18,3 e 9,65 novos casos por 100.000 habitantes, passando o cancer gastrico a ser a segunda maior causa de cancer no sexo masculino e a quarta no sexo feminino Do ponto de vista da biologia molecular, o cancer e o resultado dei multiplas e sucessivas mutacoes em genes supressores tumorais, oncogenes ou em ambos causadas por fatores endogenos ou exogenos (ambientais) Estudos epidemiologicos tem consensualmente demonstrado quer a total erradicacao do H. pylori preveniria cerca de 60 por cento dos casos de cancer) gastrico Estes dados mostram que, certamente existem outros co-fatores' associados ao risco de desenvolver cancer gastrico, justificando diferencas existentes entre sexos, tipos histologicos e racas. A Uniao Internacional de Combate ao Cancer (UICC) estima que o fumo e reponsavel por cerca de 11 por cento dos casos de cancer gastrico correspondendo portanto, a um numero muito mais expressivo do que o' atribuido ao cancer de pancreas e outros tipos sabidamente relacionados ao cigarro Nos desenvolvemos estudo caso-controle onde mutacoes no gene p53, em pacientes com adenocarcinoma gastrico, foram comparadas com' mutacoes no p53 em pacientes dispepticos com estomago endoscopicamente normal. Os casos e os controles, foram analisados de acordo com os fatores de riscos infeccao pelo Helicobacter pylori, tabagismo e o uso de bebida alcoolica. Nesta serie de 21 casos de cancer gastrico avancado(16 homens e 5 mulheres , 58n12.8 anos) e 43 controles(12 homens e 31 mulheres, 48 n 16 anos), o sexo masculino, a idade avancada, a infeccao pelo H. pylori e o habito de fumar mais de 20 cigarros/dia por dez ou mais anos, estiveram significantemente associados ao rico de desenvolver adenocarcinoma gastrico. Tal como tem sido relatado, a expressao do gene p53 por imunohistoquimica foi maior no tipo histologico intestinal do que no tipo difuso. A analise da relacao entre fator de risco e imunohistoquimica mostrou que a expressao do p53 nos casos de adenocarcinoma gastrico tendeu a ser mais comum nos fumantes e nos pacientes infectados por cepas H. pylori-cagA positivo. As mutacoes no p53 analisadas por PCR e sequenciamento genetico, mostraram tend
Palavra-chave Neoplasias
Helicobacter pylori
Tabaco
Etanol
Genes p53
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 100 p. tab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 100 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17788

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta