Validação construtiva do questionário escrito do International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC) e caracterização da asma em adolescentes

Validação construtiva do questionário escrito do International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC) e caracterização da asma em adolescentes

Título alternativo Constructive validation of The International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC) written questionnaire and characterization of asthma in adolescents
Autor Camelo-Nunes, Inês Cristina Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Solé, Dirceu Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos: Nossos principais objetivos foram: a) a validacao construtiva do questionario escrito (QE) do International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC), b) caracterizar a asma e estudar fatores associados a manifestacao de asma ativa, em populacao de adolescentes. Metodos: No periodo de Junho a Setembro de 1999, responderam o QE do ISAAC 3558 adolescentes, com idades entre 13 e 14 anos, da regiao Sul da cidade de São Paulo. Dentre eles, 3487 responderam-no de forma adequada. Dessa amostra foram selecionados, ao acaso 106 adolescentes que haviam respondido sim a questao nos ultimos 12 meses voce teve sibilos (grupo Asmatico Ativo, AA) e 103 que haviam respondido nao a todas as questoes referentes a asma, a rinite e ao eczema (grupo Nao-Asmatico, NA). Eles foram submetidos a: teste de broncoprovocacao com Metacolina (M), questionario suplementar sobre historia familiar de doencas alergicas e exposicao ambiental e, testes cutaneos de hipersensibilidade imediata (TCHI) a aeroalergenos (D. pterolryssimis; D. farinae; mistura de fungos e de polens; epitelio de cao, B. germanica; P. americana). Os valores da concentracao provocativa de M capaz de induzir queda de 20 por cento nos valores basais de volume expiratorio forcado no primeiro segundo (CP2o de M) foram determinados De acordo com a curva ROC (receiver operator characteristic), a CP20 de M £ 10 mg/ml foi capaz de separar AA de NA (CP2o de M de corte). Utilizando-a calculou-se os coeficientes de sensibilidade (S), especificidade (E), concordancia (C) e os valores preditivos positivo (VPP) e negativo (VPN) para as questoes relativas a gravidade, diagnostico medico de asma e asma ativa. Resultados: Considerando-se a CP20 de corte, verificamos que a questao relativa a sibilos no ultimo ano (asma ativa) acompanhou-se de boas S, E, C, VPP e VPN. A media dos valores de CP2o de M foram significantemente menores entre os AA, quando comparada a dos NA. Entre os adolescentes AA, quadros mais graves de asma (quatro ou mais crises de sibilos, sono prejudicado por sibilos, mais de uma noite por semana e fala prejudicada por sibilos) associaram-se a valores medios de CP20 de M menores. Entre os AA quando comparados aos NA. encontramos frequencias significativamente maiores de: a) historia familiar de doenca alergica; b) historia materna de bronquite e de rinite elou eczema; c) historia fraterna de bronquite e de rinite elou eczema; d) exposicao passiva...(au)
Palavra-chave Asma
Hiper-reatividade brônquica
Questionários
Criança
Adolescente
Idioma Português
Data de publicação 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 182 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 182 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17775

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta