Avaliacao das alteracoes estruturais e do metabolismo osteo-mineral no lupus eritematoso sistemico

Avaliacao das alteracoes estruturais e do metabolismo osteo-mineral no lupus eritematoso sistemico

Título alternativo Evaluation of structural and bone metabolic changes in patients with systemic lupus erythematosus
Autor Borba, Victoria Zeghi Cochenski Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Neste projeto pesquisamos a presenca de alteracoes estruturais e osteo-metabolicas em pacientes com LES. Primeiramente, avaliamos a presenca de deformidades vertebrais e alteracoes na densidade mineral ossea em um grupo de 70 (31 n 8,13 anos) mulheres com LES na premenopausa e em um grupo de 22 (32 n 8,9 anos) mulheres normais. Pacientes e controles foram submetidos a morfometria vertebral por RX e DMO de coluna lombar e femur. Observamos um total de 47 deformidades em 15 (21,4 por cento) pacientes -com LES. A DMO nao foi capaz de predizer a presenca de deformidades vertebrais. Com a finalidade de entendermos melhor a doenca ossea do LES realizamos um segundo estudo onde foram dados 37 mulheres com LES, sendo 12 com SLEDAI 312, em franca atividade da doenca [(grupo I), 29.6 n 7.5 anos] e 25, com SEDAI £ 3, em atividade minima [(grupo II), idade de 30 n 5.7 anos] comparadas a um grupo de 26 mulheres normais [(grupo III), idade de 32.8 n 6.27 anos].Foram dosados calcio, fosforo, paratormonio (PTH), hormonios sexuais, marcadores de remodelacao ossea, interleucina (IL)-6, receptor soluvel da IL-6 (sIL-6R), IL-1 e fator de necrose tumoral a (TNF), 250HVitamin D3 (250HD), 1,25(0H)2D3 (1,25(OH)2D) no soro de pacientes e controles. A DMO foi medida por densitometria duo-energetica. Observamos niveis menores de 250HD, 1,25(OH)2D e dehidroepiandrosterona -sulfato (DHEA-S) e osteocalcina (OC) nas pacientes com LES em relacao aos controles, havendo correlacao destas alteracoes com a atividade da doenca. As citoquinas estavam aumentadas no, LES e se correlacionaram com a atividade da doenca. Nao houve qualquer correlacao entre alteracoes encontradas e a dose de corticosteroides (CE). Nosso estudo demonstrou uma alta prevalencia de deformidade vertebral na LES associada a niveis baixos de 250HD, indicando a presenca de uma doenca metabolica ossea relacionada a atividade da doenca e ao nivel de citoquinas circulantes, que parece nao ser devido somente ao uso dos CE
Palavra-chave Densidade Óssea
Lúpus Eritematoso Sistêmico
Interleucinas
Citocinas
Idioma Português
Data de publicação 2001
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2001. 121 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 121 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17569

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta