Estrutura da cromatina e a fosforilação da histona H1 durante o ciclo de vida e a diferenciação do Trypanosoma cruzi

Estrutura da cromatina e a fosforilação da histona H1 durante o ciclo de vida e a diferenciação do Trypanosoma cruzi

Título alternativo The chromatin structure and phosphorylation of histone H1 during the life cycle an differentiation of Trypanosoma cruzi
Autor Marques-Porto, Rafael Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Schenkman, Sérgio Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O cerne do nucleossomo, que forma a cromatina, e composto por duas de cada uma das quatro histonas MA, H2B, H3 e H4, formando uma estrutura cilindrica, ao redor da qual 140 pares de bases de DNA se enrolam. Uma quinta histona, a histona Hl, associa-se ao nucleossomo nos pontos de entrada e saida do DNA, completando 2 voltas de DNA com mais 20 pares de bases, compactando a cromatina. Diferentes modificacoes pos-traducionais das histonas modulam os efeitos do nucieossomo nos processos de transcricao e replicacao. A histona Hl e modificada por fosforilacao durante o ciclo celular. Apesar de muitos estudos, nao se conhece ainda o papel da histona H 1 e nao se sabe como a fosforilacao afeta a estrutura da cromatina. Neste trabalho, estudamos as modificacoes pos-traducionais da histona H 1 durante o ciclo celular e diferenciacao do Trypanosoma cruzi, o protozoario causador da doenca de Chagas. Neste organismo a histona Hl nao possui o dominio globular. responsavel pela interacao com as histonas do cerne do nucleossomo, e a cromatina nao forma fibras de 30 rim. Para tal, as histonas foram extraidas com acido e analisadas no sistema de eletroforese em gel de poli-acrilamida contendo Triton, acido acetico e ureia (TAU-PAGE), que separa as proteinas de acordo com seu grau de hidrofobicidade. Verificamos que o padrao das histonas do cerne e semelhante nos diferentes estagios do ciclo de vida do T. cruzi. Entretanto, observamos que as bandas correspondentes a histona Hl sao diferentes quando comparamos as formas replicativas (epimastigotas), com as nao replicativas (tripomastigotas) do parasita.. Nos tripomastigotas a maior parte da histona Hl e fosforilada, uma vez que e marcada com fosforo radioativo. Esta forma pode ser convertida na forma defosforilada, encontrada predominantemente nas formas epimastigotas, por tratamento com fosfatase alcalina. Quando formas epimastigotas sao tratadas com hidroxiureia, que bloqueia o ciclo celular no inicio da fase S. a histona H1...(au)
Palavra-chave Trypanosoma cruzi
Cromatina
Histonas
Fosforilação
Idioma Português
Data de publicação 2001
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2001. 128 p. ilus.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 128 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17556

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta