Alteracao da funcao pulmonar e papel do edema intersticial pulmonar nos pacientes com insufiCiência cardiaca cronica no exercicio

Show simple item record

dc.contributor.author Brasileiro, Francisco Cleanto [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-12-06T23:01:40Z
dc.date.available 2015-12-06T23:01:40Z
dc.date.issued 2001
dc.identifier.citation São Paulo: [s.n.], 2001. 101 p. ilustab.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17479
dc.description.abstract O objetivo desta tese foi o de evidenciar as alteracoes da funcao pulmonar e o papel do edema intersticial pulmonar (EI) nos pacientes com insufiCiência cardiaca cronica (ICC), no exercicio cardiorespiratorio, atraves de uma metodologia nao-invasiva. Para isto estudamos grupos de sujeito controle, de pacientes cardiacos (graus I, II e III da Classificacao funcional da New York Heart Association) e de pacientes broncopneumopatas. Os parametros espiroergometricos, a capacidade pulmonar de difusao (DLCO) corrigida pela ventilacao (DLCONA), o debito cardiaco (Q) pelo metodo da reinalacao pelo C02, e a tomodensitometria de alta resolucao (TDM-AR), foram recolhidos e estudados no repouso e no exercicio. Nos encontramos no exercicio maximo, uma inadaptacao do Q, uma DLCO diminuida no repouso e uma nao-elevacao da DLCO e da DLCONA nos pacientes cardiacos apos o exercicio em relacao aos sujeitos controles. Os resultados ainda apontaram na determinacao de indice simples na pratica clinica que permitissem diferenciar, durante o exercicio, entre a origem cardiaca ou pulmonar de uma dispneia. Este indice foi: a diferenca da relacao da frequencia respiratoria e o volume corrente nos pacientes cardiacos e nos pacientes com doenca pulmonar obstrutiva cronica enquanto que os dados do regime ventilatorio foram similares nos dois grupos. O edema intersticial foi colocado em evidencia atraves da TDM-AR apos o exercicio no grupo cardiaco, utilizando os seguintes criterios: espessamentos das paredes bronquicas, a acentuacao da linha vascular periferica, o edema peribronquico e a relacao do diametro arteria/bronquio >1 no lobo superior. O El foi maximo aos 12 minutos apos o exercicio, e aos 20 minutos, este edema praticamente desapareceu, em resposta a uma drenagem linfatica mais ativa no espaco intersticial. Em conclusao, nos mostramos a importancia e a eficacia de nossa metodologia empregada ao evidenciarmos um edema intersticial nos pacientes cardiacos cronicos. A DLCO foi bem aceita e de facil realizacao nos pacientes cardiacos apos o exercicio. A TDM-AR pode ser um instrumento indispensavem na avaliacao do edema pulmonar pt
dc.format.extent 101 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject Edema Pulmonar/fisiopatologia pt
dc.subject Insuficiência Cardíaca pt
dc.subject Doença Crônica pt
dc.subject Exercício pt
dc.title Alteracao da funcao pulmonar e papel do edema intersticial pulmonar nos pacientes com insufiCiência cardiaca cronica no exercicio pt
dc.title.alternative Change of pulmonary function and the role of interstitial pulmonary edema in patients with chronic heart failure during exercice en
dc.type Tese de doutorado
dc.identifier.file epm-017304.pdf
dc.description.source BV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campus Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina pt



File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account