Tracheotomy in growing rats: histological aspects

Tracheotomy in growing rats: histological aspects

Título alternativo Traqueostomia no rato em crescimento: aspectos histológicos
Autor Manna, Mônica Cecília Bochetti Autor UNIFESP Google Scholar
Montero, Edna Frasson de Souza Autor UNIFESP Google Scholar
Silva, Maria Antonieta Longo Galvão da Google Scholar
Juliano, Yara Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Santa Casa Medical Sciences Faculty Department of Pathology
Resumo PURPOSE: To compare morphologically three different types of tracheotomy in growing rats, applying microsurgical technique. METHODS: EPM-1 Wistar growing rats (n=57) weighing 88gm and aged 35 days were randomized in four groups, according tracheotomy incision type (longitudinal, transverse and tracheal segment excision), and sham group. Following intramuscular anesthesia with ketamine and xylazine, the trachea was exposed and incised, according to the group, and a hand-made endotracheal cannula was inserted into the organ, under sterile conditions. This cannula was removed after 7 days, and animals have been sacrificed 30 days later. Tracheas samples were submitted to histological study, stained by hematoxylin-eosin and Masson trichrome, evaluating fibrosis, inflammatory infiltrate and epidermoid metaplasia. RESULTS: There was more frequency of inflammatory infiltrate at the tracheal epithelium in the tracheal segment excision group (87%) compared to the longitudinal (40%) and transverse (36%) incision groups (p=0.009). Evaluating epidermoid metaplasia, tracheal segment excision and the longitudinal groups presented 33% and 40%, respectively, compared to 0% of the transverse group (p=0.03). Concerning to fibrosis, in a global comparison (p=0.1) among the three groups there was no difference, however, compared to the longitudinal group the transverse group showed lower level of fibrosis (p=0.04). Sham group did not present any relevant morphologic alterations and it was used as reference pattern. CONCLUSION: Taken together, our data show that tracheal segment excision promotes more epithelium aggression and transverse tracheal incision shows less morphologic alterations.

OBJETIVO: Comparar os aspectos histológicos da cicatrização traqueal após diferentes tipos de traqueotomia nos ratos em crescimento, usando técnica microcirúrgica. MÉTODOS: Ratos EPM-1 Wistar (n=57), em crescimento, com peso médio de 88g e idade de 35 dias foram distribuídos randomicamente em quatro grupos de acordo com o tipo de incisão traqueal (longitudinal, transversa e com retirada de fragmento de anel cartilaginoso) e grupo simulado. Sob anestesia intramuscular (cetamina/xilazina), usando técnica asséptica, a traquéia era exposta e aberta, de acordo com o grupo, sendo introduzida uma cânula confeccionada em silicone. Esta cânula foi removida no 7º dia e após 30 dias os animais foram submetidos à eutanásia. As traquéias retiradas foram submetidas a estudo histológico, nas colorações H-E e tricrômico de Masson, avaliando-se fibrose, infiltrado inflamatório no epitélio traqueal e metaplasia epidermóide. RESULTADOS: Houve mais infiltrado inflamatório ao epitélio traqueal no grupo em que se retirou um segmento traqueal um (87%) comparado aos das incisões longitudinal (40%) e transversa (36%)(p=0,009). Avaliando a metaplasia epidermóide, os grupos com excisão de segmento traqueal e da incisão longitudinal apresentaram 33% e 40%, respectivamente, comparado a 0% do grupo com incisão transversa (p=0,03). No que se refere à fibrose, numa comparação entre os três tipos de incisão não houve diferença significante (p=0,1), entretanto, ao se comparar ao grupo de incisão longitudinal, o grupo da incisão transversa mostrou menor nível de fibrose (p=0,04). O grupo simulado não apresentou qualquer alteração histológica e foi utilizado como padrão de referência. CONCLUSÃO: Nossos dados mostraram que a incisão com excisão de segmento traqueal promove maior agressão epitelial e a incisão transversa apresenta menor grau de alterações histológicas.
Palavra-chave Tracheotomy
Models, animal
Rats,Wistar
Growing
Traqueotomia
Modelos animais
Ratos Wistar
Crescimento
Idioma Inglês
Data de publicação 2003-06-01
Publicado em Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 18, n. 3, p. 0-0, 2003.
ISSN 0102-8650 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502003000300005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-86502003000300005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1742

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-86502003000300005.pdf
Tamanho: 175.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta