Avaliacao das crencas obsessivas e disfuncionais em pacientes com transtorno obsessivo-compulsivo: um estudo de caso-controle

Avaliacao das crencas obsessivas e disfuncionais em pacientes com transtorno obsessivo-compulsivo: um estudo de caso-controle

Título alternativo Evaluation of obsessive and dysfunctional beliefs of patients with obsessive compulsive disords: a case-control study
Autor Baptista, Makilim Nunes Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Os modelos cognitivo-comportamentais vem propiciando uma forma diferenciada de explicacao e tratamento psicologico dos transtornos mentais, especificamente do Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC), favorecendo o desenvolvimento de estrategias e tecnicas eficazes no manejo deste transtorno. Estes modelos enfatizam os processos de mediacao entre o estimulo e a resposta, sendo que as crencas, tambem denominadas de regras para a acao, sao consideradas de suma importancia para explicar e controlar a sintomatologia do TOC. O objetivo principal desta pesquisa foi o de mensurar e comparar as crencas obsessivas e disfuncionais em dois grupos de pacientes ambulatoriais. Os objetivos especificos se constituiram em identificar as principais crencas obsessivas do grupo com TOC (Grupo 1), comparar as crencas obsessivas e disfuncionais do Grupo 1 com o grupo de pacientes do Ambulatorio de Clinica Medica (Grupo 2), avaliar a correlacao entre gravidade do TOC com sintomatologia de depressao e gravidade do TOC com a frequencia das crencas obsessivas e disfuncionais, alem de analisar as correlacoes entre as principais dimensoes obsessivas e compulsivas da Escala de Transtorno Obsessivo-Compulsivo de YaleBrown (YBOCS). Foram sujeitos da presente pesquisa 24 individuos diagnosticados como portadores de TOC, pela aplicacao da SCID/P, do Ambulatorio de TOC da UNIFESP (amostra de conveniencia), considerados como casos e 24 sujeitos do Ambulatorio de Clinica Medica de um hospital-escola de Campinas, considerados como controles, pareados por sexo e idade, constituindo-se assim um estudo caso-controle. O Grupo 2 nao possuia diagnostico de TOC, avaliado pela aplicacao da SCID/P, secao direcionada ao diagnostico de TOC. Os instrumentos utilizados foram a Entrevista Clinica Estruturada para o Diagnostico dos Transtornos do Eixo I do DSM-IV (SCID/P), Questionario de Crencas Obsessivas (OBQ87), Escala de Atitudes Disfuncionais (DAS), Escala de Sintomas Obsessivo-Compulsivos de Yale-Brown (YBOCS) e Inventario Beck de Depressao (BDI). Os principais resultados demonstraram que o Grupo 2 pontuou mais nas crencas obsessivas e disfuncionais do que o Grupo 1, contrariando os resultados esperados. Tambem foi observado uma correlacao entre a sintomatologia depressiva e as crencas obsessivas, bem como entre as crencas obsessivas e disfuncionais e a severidade do TOC. As principais correlacoes nas dimensoes da YBOCS foram entre as obsessoes...(au)
Palavra-chave Transtorno Obsessivo-Compulsivo
Cognição
Idioma Português
Data de publicação 2001
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2001. 137 p. tab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 137 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17308

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta