Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifesp.br/11600/17269
Title: Estresse oxidativa e uso de DMSO em queratinócitos cultivados submetidos a privação de glicose e hipóxia gasosa
Other Titles: Oxidative stress and use DMSO in cultivated keratinocytes submitted to the glucose privation and gaseous hypoxia
Authors: Ferreira, Lydia Masako [UNIFESP]
Duarte, Ivone da Silva [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo [UNIFESP]
Keywords: Técnicas de Cultura de Células
Dimetil Sulfóxido
Antioxidantes
Radicais Livres
Queratinócitos
Cell Culture techniques
Dimethyl sulfoxide
Antioxidants
Free Radicals
Keratinocytes
Issue Date: 2001
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: DUARTE, Ivone da Silva. Estresse oxidativo e uso DMSO em queratinócitos cultivados submetidos à privação de glicose e hipóxia gasosa. 2001. 102 f. Tese (Doutorado) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2001.
Abstract: O presente estudo teve como objetivo verificar o estresse oxidativo causado a culturas de queratinocitos atraves de sua exposicao a privacao de glicose e a hipoxia, com e sem o uso de um antioxidante, o Dimetil Sulfoxido (DMSO), avaliado atraves da dosagem do malonaldeido (MDA). O material e metodo constituiu-se de tres experimentos. No primeiro deles, 12 garrafas de cultura de queratinocitos foram preparadas ate atingir-se a confluencia desejada e divididas em quatro grupos (com e sem uso de DIVISO, com e sem hipoxia). Foram colhidas amostras do meio de cultura para dosagem do malonaldeido em diferentes fases do experimento: a) pre-experimento, b) 24 horas apos o inicio da privacao de glicose (antes da provocacao de hipoxia), c) 24 horas apos o inicio da privacao de glicose e imediatamente depois da provocacao de hipoxia, d) 48 horas apos a privacao de glicose (24 horas apos a hipoxia). O Experimento 2 constituiu-se das 12 garrafas do final do primeiro experimento e outras 12 garrafas que foram utilizadas como controle, sendo que foi colhido o material celular das 24 garrafas e realizada dosagem do MDA no homogeneizado celular de cada garrafa. O Experimento 3 foi realizado com 80 garrafas divididas em 10 grupos (meio de cultura com e sem glicose, uso ou nao de DIVISO, realizacao de hipoxia ou nao, alem das associacoes entre esses fatores), das quais foi colhido e homogeneizado o material celular para dosagem do MDA. A analise estatistica realizada com os resultados dos tres experimentos mostrou que o DIVISO foi eficiente na reducao do estresse oxidativo de culturas de queratinocitos, causado pela privacao de glicose e hipoxia, avaliado pelos valores de MDA comparando-se aos grupos controle
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17269
Appears in Collections:Tese de doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese-6406a.pdf9.46 MBAdobe PDFView/Open
Tese-6406b.pdf11.64 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.