Experienciando a hospitalizacao com presenca da familia um cuidado que possibilita conforto

Experienciando a hospitalizacao com presenca da familia um cuidado que possibilita conforto

Título alternativo Experecing the hospitalization with the presence of the family: a care that makes possible the comfort
Autor Neman, Fabiana Augusto Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Durante minha vivencia profissional, pude compreender que a enfermagem busca, com suas acoes, permitir que o paciente experiencie um periodo de doenca e hospitalizacao o menos estressante possivel. Assim, ao cuidar do ser-doente oferece o cuidado visando recuperar ou promover o conforto. Tambem durante essa mesma vivencia como enfermeira, foi-me possivel observar como a familia e importante, tambem, para o ser-enquanto-esta-doente. Com o objetivo de desvelar se, para o paciente, a presenca da familia junto a ele na hospitalizacao interfere na vivencia de conforto durante esse periodo, desenvolvi este estudo que utilizou a fenomenologia como trajetoria metodologica. Os dados obtidos com as entrevistas foram analisados a luz do referencial de Martin Heidegger e permitiram configurar como essencia o fenomeno Experienciando a hospitalizacao com a presenca da familia: um cuidado que possibilita conforto. Sendo atingido pela facticidade da internacao, que e um evento nao escolhido, ao paciente duas possibilidades se apresentam para continuar em seu projeto de cura que sao: Percebendo que poder-estar-com a familia durante a hospitalizacao e mais confortavel, uma vez que a presenca da familia junto ao paciente possibilita transcender a facticidade da internacao numa postura autentica do ser-ai, e Percebendo que nao-poder-estar-com, a familia durante a hospitalizacao e mais desconfortavel, visto que ao permanecer distante da familia o paciente se sente sem apoio e sozinho nesse momento dificil o que favorece experienciar a inautenticidade e decadencia descritas por Heidegger. A compreensao do fenomeno oferece subsidios para a reflexao da pratica profissional, que deve sempre buscar a perspectiva do ser-doente a fim de oferecer um cuidado que contemple o ser humano holisticamente
Palavra-chave Enfermagem
Cuidados de Enfermagem
Hospitalização
Família
Idioma Português
Data de publicação 2001
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2001. 161 p. ilus.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 161 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17165

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta