Evolucao da aptidao fisica e capacidade funcional de mulheres ativas acima de 50anos de idade de acordo com a idade cronologica

Evolucao da aptidao fisica e capacidade funcional de mulheres ativas acima de 50anos de idade de acordo com a idade cronologica

Título alternativo Evolution of physical fitness and functional capacity of active elderly women over 50 years of age according to chronological age
Autor Matsudo, Sandra Marcela Mahecha Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo objetivo: o objetivo deste estudo foi comparar a evolucao da aptidao fisica e capacidade funcional de mulheres ativas no periodo de um ano de acordo com a idade cronologica. Material e Metodos: A amostra consistiu de 117 mulheres de 50 a 79 anos de idade (x: 65 n 6,6 anos) divididas em tres grupos de acordo com a idade: A: 50-59 (n:23); B:60-69 (n:60); C: 70-79 (n:34). As senhoras participavam de um programa de exercicios aerobicos de baixo impacto e de alongamento duas vezes por semana, 50 minutos por sessao, durante 5,4 n 3,0 anos. As variaveis antropometricas da aptidao fisica mensuradas foram: peso corporal, altura corporal total, indice de massa corporal, adiposidade (media de triceps, subescapular, suprailiaca), circunferencia do braco (CB) e da perna (CP), circunferencia da cintura e do quadril e relacao cintura-quadril (RCQ). Os testes neuromotores e de mobilidade incluiram: forca muscular dos membros inferiores e superiores, agilidade, flexibilidade do tronco, velocidade de levantar da cadeira, equilibrio estatico, velocidade normal de andar e velocidade maxima de andar. Os resultados foram comparados usando ANOVA Two Way, com post-hoc Bonferroni e delta percentual (*p<0,01). Resultados: Durante o periodo de um ano, a gordura corporal diminuiu em tomo de 6 por cento somente no grupo A, a RCQ aumentou de 4-6 por cento nos grupos B e C, a CB diminuiu no grupo B e a CP aumentou no grupo C. Em relacao ao desempenho neuromotor, a velocidade de levantar da cadeira e a velocidade de andar evidenciaram diferencas significantes nos grupos de 50-59 e 60-69 anos, apresentando resultados 10-20 por cento melhores; quanto a velocidade maxima de andar houve melhora nos grupos B e C (8 por cento). Conclusoes: Os resultados sugerem que a evolucao da aptidao fisica e da capacidade funcional tem um comportamento similar, em um periodo de um ano, em mulheres fisicamente ativas dos 50 aos 79 anos independentemente da idade cronologica. Essa evolucao estavel (aptidao fisica) ou ate positiva (capacidade funcional) fortalece a hipotese de um efeito favoravel da atividade fisica regular como instrumento poderoso na promocao da Saúde do idoso, estrategia fundamental do envelhecimento saudavel
Palavra-chave Aptidão Física
Envelhecimento
Idioma Português
Data de publicação 2001
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2001. 266 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 266 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17163

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta