Emissão otoacústica por produtos de distorção na paralisia de Bell

Emissão otoacústica por produtos de distorção na paralisia de Bell

Alternative title Distortion produt otoacustic emissions in facial palsy
Author Kasse, Cristiane Akemi Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Fukuda, Yotaka Autor UNIFESP Google Scholar
Abstract A paralisia de Bell e uma doenca prevalente em nosso meio e de etiologia ainda desconhecida, sendo que a hipotese mais provavel e de ser devido a infeccao do nervo pelo virus herpes simples. A proximidade do nucleo do nervo facial e do nucleo olivar superior levou a estudos para detectar se haveria uma alteracao tambem indireta neste nucleo, observada em alguns estudos com ABR. Este estudo apresenta como objetivo verificar se em pacientes com paralisia de Bell existe alteracao na EOAPD. Nao houve correlacao entre os graus inicial e final, o reflexo estapediano e o teste de Hilger e os fatores prognosticos com a resposta ao exame de EOAPD. A porcentagem de pacientes com exames alterados na paralisia de Bell foi de 17,5 por cento e no grupo controle de 7,2 por cento, sem diferenca estatistica entre os valores. Concluimos que a maioria dos pacientes com paralisia de Bell apresenta os exames de EOAPD normais, mas a porcentagem de pacientes com respostas alteradas (l7,5 por cento) foi maior que o grupo controle. Apesar dos dados nao possuirem correlacao estatistica, parece haver uma tendencia de exames alterados em maior numero nos pacientes com paralisia de Bell
Keywords Paralisia facial
Emissões otoacústicas espontâneas
Language Portuguese
Date 2000
Published in São Paulo: [s.n.], 2000. 85 p. ilustabgraf.
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 85 p.
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17156

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account