Tratamento da síndrome dos ovários policísticos com metformina: avaliação de resultados clínicos e laboratoriais

Tratamento da síndrome dos ovários policísticos com metformina: avaliação de resultados clínicos e laboratoriais

Título alternativo Treatment of polycystic ovary syndrome with metformin: evaluation of clinical and laboratorial results
Autor Maciel, Gustavo Arantes Rosa Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Baracat, Edmund Chada Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A sindrome dos ovarios policisticos (SOP) e uma afeccao complexa, cuja etiologia e fisiopatologia nao estao totalmente elucidadas. Afirna-se que representa a endocrinopatia mais comum em mulheres na idade reprodutiva e que pode apresentar consequencias a longo prazo como maior fisco de desenvolvimento de diabetes melito precoce e doenca cardiovascular. A insulina desempenha papel importante no desencadeamento e manutencao dos achados endocrinos principais da sindrome que sao o hiperandrogenismo e a anovulacao. Parte das pacientes apresentam resistencia periferica a insulina e os principais tratamentos utilizados na atualidade parecem nao alterar a resistencia a insulina e a utilizacao de drogas, como a metformina que atuem nesse fator parece constituir um caminho promissor na conducao clinica da sindrome. Para avaliar a eficacia do uso da metformina no tratamento da SOP selecionamos de maneira aleatoria 29 pacientes obesas e nao obesas, que fizeram uso de metformina 5OOmg, por via oral, de 8 em 8 horas (l5) ou placebo na mesma posologia (l4) durante seis meses. Foram avaliados parametros clinicos (peso e ciclo menstrual) e laboratoriais (testosterona total e livre, androstenediona, insulina e glicose) antes e apos o tratamento. Os resultados mostraram que houve queda significativa de testosterona total e livre, androstenediona e glicose nas pacientes nao obesas. Quanto a insulina, houve queda com tendencia a significancia estatistica. O grupo das obesas apresentou queda significativa na insulina, mas nao nos demais parametros. Os grupos que usaram placebo nao apresentaram queda significativa nesses parametros. Houve melhora nos ciclos menstruais daquelas que fizeram uso da medicacao. Concluimos que a metformina mostrou-se eficaz no tratamento do hiperandrogenismo das pacientes com SOP. Os resultados foram mais evidentes no grupo de pacientes nao obesas
Palavra-chave Síndrome do ovário policístico
Resistência à insulina
Metformina
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 95 p. tabgraf.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 95 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17126

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta