Estudo ultra-estrutural da matriz extracelular dos grumos celulares formados na cultura de fibrocondrocitos de meniscos de joelhos de coelhos

Estudo ultra-estrutural da matriz extracelular dos grumos celulares formados na cultura de fibrocondrocitos de meniscos de joelhos de coelhos

Título alternativo Study ultra-structural of the head office extracelular of the cellular clots formed in the culture of meniscuses of knee of rabits
Autor Araujo, Veronica Garcez de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A articulacao sinovial do joelho possui dois meniscos, um medial e um lateral, inseridos entre o condilo femural e o plato tibial. Esse posicionamento anatomico dos meniscos permite que atuem na distribuicao do peso imposto ao joelho. Grandes alteracoes da funcao articular tem sido observadas durante as remocoes cirurgicas total ou parcial dos meniscos. Sabe-se, tambem, que o esforco fisico continuo e prolongado da articulacao do joelho promove um aumento da concentracao de colageno e proteoglicanos nos meniscos, deixando evidente que os fibrocondrocitos respondem a algumas modificacoes do meio ambiente. O estudo de cultura de celulas pode ser considerado como um recurso extremamente util na analise da matriz extracelular. Parametros morfologicos e bioquimicas mostram que condrocitos isolados da matriz e cultivados in vitro possuem mecanismos que lhes permitem manter as caracteristicas fenotipicas que possuem in vivo. Estudos recentes desenvolvidos em nosso laboratorio demonstraram a viabilidade do cultivo de fibrocondrocitos. O isolamento destas celulas a partir de fibrocartilagem mostrou-se de facil reproducao e adequado para o estudo da sintese de macromoleculas da matriz extracelular. A partir desses cultivos, foi possivel observar que as celulas na cultura primaria cresceram formando agregados celulares que lembram verdadeiros grumos de celulas. Tres estagios do desenvolvimento dos grumos foram estabelecidos: formacao que ocorreu entre os dias l e 3; crescimento, atingindo seu crescimento maximo no quinto dia de cultivo; e regressao, iniciando no oitavo dia de cultivo. As analises ultra-estruturais da matriz extracelular foram feitas nos grumos formados apos 3, 5 e 8 dias de cultivo. No estagio de formacao (terceiro dia), observamos fibrilas de colageno com estriacoes transversais de 67nm e feixes de microfilamentos sem ou preenchidos com pouca elastina amorfa. Estes feixes de microfilamentos foram morfologicamente similares as fibras oxitalanicas (sem elastina) e elauninicas (com pouca elastina), descritas na literatura. No quinto dia, foi possivel observar elementos fibrilares com periodicidade ao redor de 1OOnm e com morfologia semelhante ao do colageno tipo VI. No oitavo dia, as fibrilas de colageno estriado e fibras oxitalanicas nao foram mais observadas. Durante este mesmo periodo, ocorreu um aumento no colageno do tipo VI e nas fibras elasticas maduras. Os resultados da cultura primaria deixam claro que...(au)
Palavra-chave Tecido Elástico
Condrócitos
Cultura
Meniscos Tibiais
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 101 p. ilus.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 101 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17105

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta