Eficacia da intervencao motivacional em dependentes do alcool

Eficacia da intervencao motivacional em dependentes do alcool

Título alternativo The efficacy of motivational intervention in alcohol dependents
Autor Oliveira, Margareth da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O objetivo principal, deste estudo, foi avaliar a eficacia da Intervencao Motivacional em pacientes com Dependencia do Alcool. O estudo foi delineado como um ensaio clinico randomizado prospectivo, visando comparar Intervencao Motivacional com o tratamento Convencional. A amostra constituida por 152 sujeitos, do sexo masculino, internados em Unidades especializadas em Dependencia Quimica. A idade media da populacao alvo foi 40 anos e seis meses, o nivel de escolaridade minima foi de quinta serie e renda media era equivalente a cinco salarios minimos. Os pacientes fora alocados, randomicamente, sendo 76 no Grupo Controle e 76 no Grupo Intervencao. Todos os pacientes quando ingressavam na pesquisa era submetidos a avaliacao inicial, em que completavam uma serie de instrumento desde a Entrevista Estruturada, para coleta dos dados pessoais aos instrumentos especificos: Form-90, SADD, SF-36, DrlnC, SOCRATES / URICA, BAI, BDI e Vocabulario, Simbolos, Cubos e Figuras Complexas de Rey. Os pacientes d grupo controle, apos a alta hospitalar, eram encaminhados para atendimento qrupal ou A.A. e os pacientes do grupo de Intervencao eram acompanhados com quatro sessoes estruturadas e planejadas, conforme o modelo preconizado por William Miller (l992). A avaliacao de seguimento foi realizada tres meses apos alta hospitalar e os dados foram tratados, conforme Analise por Intencao de Trata e comparacao intra e entre os grupos. O resultados mostram que 66 por cento do pacientes do grupo de Intervencao Motivacional realizaram o exame de seguimento, enquanto no Grupo Controle a participacao foi de 51 por cento, sendo mais frequentes perdas no Grupo Controle do que no de Intervencao. A abstinencia foi mantida mais no Grupo de Intervencao do que no Grupo Controle e, mesmo quando havia recaida, a quantidade de bebida ingerida nos pacientes do Grupo de Intervencao era inferior aos pacientes do Grupo Controle. No que se refere as escalas que medem a Motivacao para Mudanca, as diferencas entre os grupos foram significativas na subescala ambivalencia e na manutencao, representando que os pacientes do Grupo de Intervencao reduziram o conflito motivacional (ambivaiencia) em relacao ao comportamento problema. Nas demais escalas, as diferencas nao foram significativas entre os grupos. As conclusoes do estudo apontam para a eficacia da Intervencao Motivacional em sujeitos com grave dependencia do alcool., em que os sujeitos submetidos a...(au)
Palavra-chave Alcoolismo
Ensaios Clínicos como Assunto
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 273 p. tabgraf.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 273 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17096

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta