Tipagem de leveduras patogênicas do gênero candida por análise comparativa de sequências do gene mitocondrial da subunidade 2 da citocromo C oxidase

Tipagem de leveduras patogênicas do gênero candida por análise comparativa de sequências do gene mitocondrial da subunidade 2 da citocromo C oxidase

Título alternativo Typing of pathogenic yeasts by comparative sequence analysis of the mitochondrial cytochrome C oxidase subunit 2 gene
Autor Sanson, Gerdine Ferreira de Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Briones, Marcelo Ribeiro da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Neste trabalho foi testado se a analise comparativa de sequencias do gene mitocondrial da subunidade 2 da citocromo c oxidase (COX2) poderia ser utilizada para distinguir variantes intraespecificas de C.glabrata. Genes mitocondriais sao adequados para a investigacao de relacoes filogeneticas proximas pois evoluem muito mais rapido que os genes nucleares, que em geral exibem uma variacao intraespecifica muito limitada. Para esse estudo nos utilizamos isolados clinicos de C.glabrata de 3 localizacoes geograficas diferentes no Brasil, isolados de um local nos Estados Unidos, uma cepa American Type Culture Collection e a sequencia publicada da cepa CBS 138. A regiao codificadora completa de COX2 foi amplificada a partir de DNA celular total, e ambas as fitas foram sequenciadas duas vezes para cada cepa. Essas sequencias foram alinhadas junto a sequencias publicadas de outros fungos, e o numero de substituicoes e as relacoes filogeneticas foram determinadas. A tipagem dessas cepas foi feita utilizando 17 substituicoes, sendo 8 nao-sinonimas e 9 sinonimas. Alem disso, cDNAs preparados a partir de RNA mitocondrial poliadenilado purificado foram sequenciados para confirmar que nossas sequencias correspondem a copias expressas e nao a pseudogenes nucleares e que uma mutacao do tipo frameshift existe na extremidade 3' da regiao codificadora (posicao 673) em relacao a sequencia de Saccharomyces cerevisiae e a sequencia de Candida glabrata publicada anteriormente. Nos estimamos a taxa de evolucao media de COX2 como sendo 8,36 por cento de divergencia de sequencia/108 anos e que as relacoes filogeneticas de leveduras baseadas nessas sequencias sao consistentes com os dados de sequencias de rRNA. Nossa analise das sequencias de COX2 habilita a tipagem de cepas de C.glabrata baseada em 13 haplotipos e sugere que as posicoes 51 e 519 indicam um polimorfismo geografico que discrimina as cepas isoladas nos Estados Unidos das cepas isoladas no Brasil. Isso fornece pela primeira vez uma forma de tipagem de cepas de Candida patogenicas pelo uso de comparacoes diretas de sequencia e as estimativas da divergencia associada
Palavra-chave Evolução molecular
Técnicas de tipagem micológica
Candida
DNA mitocondrial
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 108 p. tab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 108 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17068

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta