Esteatose hepatica na infeccao cronica pelo virus da heptite C

Esteatose hepatica na infeccao cronica pelo virus da heptite C

Título alternativo Fatty liver in HCV chronic infection
Autor Matos, Carla Adriana Loureiro de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A esteatose hepatica (EH) e considerada um dos mercadores histoiogicos de infeccao cronica pelo virus C (HCV), devido a alta prevalencia com que e detectada nesta infeccao. Nao esta esclarecido, entretanto, se este achado histologico esta associado a fatores diretamente ligados ao virus ou a caracteristicas proprias do hospedeiro. O objetivo deste estudo foi determinar a prevalencia da esteatose entre portadores de infeccao cronica pelo HCV, correlacionando-a a presenca de outros fatores de risco sabidamente conhecidos para EH e determinar a relacao entre este achado histologico e a intensidade da doenca hepatica. Foram incluidos portadores de infeccao cronica pelo HCV, submetidos a biopsia hepatica entre janeiro de 1997 e setembro de 1998, excluindo-se aqueles co-infectados pelos virus da hepatite B e/ou HIV e aqueles submetidos a tratamento previo para hepatite C e/ou a qualquer orientacao quanto a medidas de reducao da esteatose antes da biopsia. Por ocasiao da biopsia hepatica, todos os pacientes foram indagados quanto a inGestão diaria de alcool e quanto ao uso de medicamentos potencialmente indutores de esteatose. Foi determinado o indice de massa corporea (IMC=peso/alt2 ) e realizada a dosagem, em jejum, de glicemia, colesterol e triglicerides. A percentagem de gordura corporal foi determinada pela DEXA em 49 pacientes, aleatoriamente. Foram considerados fatores de risco, possivelmente, relacionados a esteatose: inGestão de etanol diaria > 4Og para homens e > 2Og para mulheres, por um periodo de pelo menos l ano, uso de medicacao indutora de EH, IMC>25 kg/m2 , diabetes mellitus (glicemia>l25mg por cento) e hiperlipemia (colesterolemia e/ou trigliceridemia > 200 mg por cento). Todos os fragmentos de biopsia hepatica foram revisados por um unico patologista, que classificou a atividade necro-infiamatoria portal/periportal e lobular e o estadiamento, seguindo criterios semi-quantitativos e verificou a presenca de EH, que foi quantificada em graus leve, moderado e intenso. Foram incluidos 146 portadores de infeccao cronica pelo HCV, 97 homens e 49 mulheres com media de idade de 44,5 n 13 anos. Apresentavam EH 89 pacientes (61 por cento). Desta forma, foram formados dois grupos de pacientes- Gl com EH e G2 - sem EH, que foram comparados quanto a caracteristicas clinicas e histologicas. Os grupos foram diferentes em relacao a proporcao de individuos maiores de 45 anos (Gl 58 por cento; G2 33 por cento; P=0,003); a...(au)
Palavra-chave Hepatite C
Hepatite Crônica
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 94 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 94 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17065

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta