Análise comparativa de fatores de risco para doença aterosclerótica entre estudantes de universidades privadas de São Paulo e Salvador

Show simple item record

dc.contributor.advisor Fisberg, Mauro [UNIFESP]
dc.contributor.author Rabelo, Lísia Marcílio [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-12-06T23:01:13Z
dc.date.available 2015-12-06T23:01:13Z
dc.date.issued 2000
dc.identifier.citation São Paulo: [s.n.], 2000. 176 p. tabgraf.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17045
dc.description.abstract A doenca aterosclerotica (D.A) e umas das principais causas de morbidade e mortalidade na populacao adulta em nosso meio. A elaboracao de planos preventivos, voltados para a realidade onde serao implantados, e fundamental para a reversao desse quadro. Sendo o Brasil um pais de grande dimensoes geograficas, e razoavel supor o perfil de risco aterosclerotico, sujeito a influencias socio - culturais e economicas, apresente diferencas regionais. Como processo aterosclerotico se inicia na infancia, a prevencao deve ser iniciada precocemente. Objetivo: O presente estudo objetivou contribuir com o conhecimento da prevalencia de fatores de risco (F.R.) para D.A. em adolescentes brasileiros, caracterizando e comparando amostras de estudantes, de duas capitais brasileiras, representativas de suas regioes: Salvador e São Paulo. Metodologia: Foram avaliados 211 estudantes de universidades privadas (101 em Salvador e 110 em São Paulo), na faixa etaria de 17 a 19 anos. A avaliacao constou de 3 etapas: clinica (aplicacao de questionario padronizado e exame fisico, visando investigar a presenca de F.R. para a D.A.); nutricional (obtencao de recordatorio alimentar de 24 horas); e laboratorial (determinacao do perfil lipidico e glicemia). A associacao entre as alteracoes no perfil lipidico e outros fatores de risco (sedentarismo, tabagismo, diabetes mellitus, obesidade, dieta, hipertensao arterial e historia familiar positiva para D.A.) tambem foi investigada. Resultados: A presenca da maioria dos F.R., considerados nesse estudo, foi elevada nas amostras de Salvador e São Paulo. Porem, excesso de peso e sedentarismo foram significativamente superiores em São Paulo; enquanto inGestão inadequada de colesterol foi mais elevada em Salvador. Nesta cidade, a frequencia de niveis aumentados de colesterol total e de LDL-C, e diminuidos de HDL-C foi superior a observada em São Paulo. Ja a frequencia de niveis aumentados de triglicerides foi maior em São Paulo. Na analise multivariada, o fator cidade foi identificado como preditor independente dos niveis de colesterol total, HDL-C e LDL-C, reforcando a suspeita de que haja influencia regional sobre a determinacao do perfil lipidico. O sexo foi preditor independente apenas dos niveis de colesterol total, enquanto o indice de massa corporea foi preditor independente tanto dos niveis de colesterol total, quanto dos de LDL-C. Conclusao: Alem de elevada, a prevalencia dos fatores de risco...(au) pt
dc.format.extent 176 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject Aterosclerose pt
dc.subject Fatores de risco pt
dc.subject Adolescente pt
dc.title Análise comparativa de fatores de risco para doença aterosclerótica entre estudantes de universidades privadas de São Paulo e Salvador pt
dc.title.alternative Comparative analysis of risk factors for atherosclerotic disease among students of private universities of São Paulo and Salvador en
dc.type Tese de doutorado
dc.identifier.file epm-016822.pdf
dc.description.source BV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campus São Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM) pt



File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account