Transtornos psiquiátricos em crianças e adolescentes criados em instituições

Transtornos psiquiátricos em crianças e adolescentes criados em instituições

Título alternativo Psychiatric disorders in children and adolescents raised in instituitions
Autor Abreu, Susane Rocha de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Bordin, Isabel Altenfelder Santos Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Psiquiatria e Psicologia Médica – São Paulo
Resumo Introdução: O Brasil tem grande numero de criancas e adolescentes sendo criados em instituicoes, A literatura indica que criancas e adolescentes institucionalizados apresentam atrasos em seu desenvolvimento e estao mais propensos a problemas de Saúde, fisicos e mentais. O presente trabalho pretende identificar os transtornos psiquiatricos que estas criancas e adolescentes apresentam e os fatores de risco associados a estes transtornos, gerando conhecimentos que possam contribuir para a adequada assistencia e prevencao de problemas de Saúde mental nesta populacao. Objetivos: Verificar a prevalencia de transtornos psiquiatricos apresentados por criancas e adolescentes institucionalizados em tres cidades do Estado de São Paulo; verificar se a prevalencia de transtornos psiquiatricos nestes individuos difere da prevalencia observada em criancas e jovens vivendo com suas familias; verificar se a institucionalizacao e fator de risco para transtornos psiquiatricos independentemente da influencia de outros fatores potencialmente de risco; identificar o melhor modelo associativo para transtornos psiquiatricos nesta populacao; descrever as caracteristicas de instituicoes que abrigam criancas e adolescentes em tres cidades do Estado de São Paulo; descrever a historia de vida das criancas e adolescentes criados nestas instituicoes. Metodo: Desenho: Estudo caso-controle. Local: Todas (cinco) as instituicoes para o abrigo de criancas e adolescentes de tres cidades do Estado de São Paulo. Participantes: 63 casos (todas as criancas e adolescentes institucionalizados com idades entre 11 e 17 anos) e 63 controles (colegas de escola vivendo com suas familias selecionados aleatoriamente dentre pares elegiveis; casos e controles pareados segundo sexo, idade e serie). Medidas: Desfecho clinico: presenca de pelo menos um transtorno psiquiatrico, segundo os criterios da CID - 10. Variaveis independentes: dados socio-demograficos, caracteristicas familiares, historia da institucionalizacao, qualidade de vida nas instituicoes e informacoes complementares sobre as criancas e adolescentes. Analise: Fatores de risco potenciais identificados em analise univariada (p<O,20) foram introduzidos em modelos de regressao logistica. Utilizando-se o metodo de reducao passo a passo, dois melhores modelos associativos foram obtidos. O primeiro incluiu casos e controles e o segundo apenas os casos. Resultados: 49,2 por cento dos casos e 14,3 por cento...(au)
Palavra-chave Criança
Adolescente
Transtornos Mentais Diagnosticados na Infância/diagnóstico
Criança Institucionalizada
Adolescente Institucionalizado
Psiquiatria Infantil
Fatores de Risco
Criança
Adolescente
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em ABREU, Susane Rocha de. Transtornos psiquiátricos em crianças e adolescentes criados em instituições. 2000. 180 f. Dissertação (Mestrado em Psiquiatria) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2000.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 180 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17013

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-6139.pdf
Tamanho: 541.4KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta