Complicacoes relacionadas ao uso do cateter venoso central

Complicacoes relacionadas ao uso do cateter venoso central

Título alternativo Complications related to the use of central venous cateter
Autor Loureiro, Marisa Dias Rolan Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A cateterizacao venosa central integra uma modalidade de procedimento indispensavel na assistencia terapeutica a pacientes hospitalizados, tanto para administracao de liquidos, drogas, hemoderivados quanto para monitorizacao hemodinamica. Elevada morbi-mortalidade e custos hospitalares, estao associadas a este procedimento. Nos realizamos um coorte transversal, aplicando a metodologia de vigilancia epidemiologica dirigida Dor sitio especifico com o objetivo de:- conhecer as indicacoes de instalacao, as intercorrencias relacionadas a insercao, manuseio e o tempo de permanencia destes cateteres: - analisar as complicacoes infecciosas relacionadas a cateterizacao venosa e identificar os agentes prevalentes em culturas de pele peri-cateter, ponta do cateter e hemoculturas. Foram incluidos no estudo 60 pacientes que tiveram 81 cateteres venosos centrais uni-lumen simples (intracath©), inseridos por puncao nas veias subclavia e jugular. Os pacientes foram monitorados desse a insercao ate a remocao dos cateteres. As principais variaveis medidas no estudo foram: complicacoes mecanicas e infecciosas relacionadas ao uso dos cateteres. As principais indicacoes de implantacao foram.- administracao de liquidos 86,4 por cento, de drogas 82,7 por cento, de hemoderivados 70,4 por cento e monitorizacao de PVC em 48,1 por cento ocasioes. O tempo mediano de permanencia do cateter foi de quatro dias com variacao de 1-24 dias. As intercorrencias mais frequentes relacionadas a Insercao do cateter aconteceram em 30 cateteres implantados em veia sub-clavia e um em veia jugular, sendo que em 100 por cento destes ocorreu a quebra de assepsia. As multiplas puncoes ocorreram em nove ocasioes. sangramento na primeira hora em cinco, formacao de hematomas em tres. Durante o manuseio foram registrados intercorrencias em 56 cateteres, sendo que a quebra de assepsia tambem ocorreu em l OO por cento dos casos. As outras intercorrencias foram tracao do cateter (58,9 por cento), desconexao com o sistema e/ou extravasamento de solucoes '8,9 por cento', soltura do ponto de fixacao do cateter (7,1 por cento), a obstrucao e a quebra do cateter (l,9 por cento). As causas de remocao dos cateteres foram a suspensao das indicacoes de uso em 38,3 por cento ocasioes, por causas infecciosas 34,5 por cento, obito do paciente em 14,8 por cento, perda do cateter em 9,9 por cento e em 2,5 por cento alta hospitalar. A bacteremia foi determinante para a ...(au)
Palavra-chave Cateterismo Venoso Central
Infecção
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 158 p. tab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 158 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16928

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta