O fenomeno da antecipacao genetica e a expansao de repeticoes trinucleotidicas no transtorno afetivo bipolar: analise de ligacao e associacao dos loci erda1, sef2-1b, hskca3 e mab21L com o transtorno afetivo bipolar

O fenomeno da antecipacao genetica e a expansao de repeticoes trinucleotidicas no transtorno afetivo bipolar: analise de ligacao e associacao dos loci erda1, sef2-1b, hskca3 e mab21L com o transtorno afetivo bipolar

Título alternativo The Phenomenon of genetic anticipation and the trinucleotide repeats expansions in the bipolar affective disorder: linkage and association analysis of the erda1, sef2-1b, hSKCa3 and mab21L loci with the bipolar affective disorder
Autor Meira-Lima, Ivanor Velloso Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo No inicio da decada de 1990 descobriu-se que a base biologica para o fenomeno de antecipacao genetica era a expansao de grupos de tres nucleotidios repetidos. Estudos recentes relatam a presenca do fenomeno de antecipacao em familias com multiplos afetados pelo transtorno afetivo bipolar. Ao lado disso, investigacoes independentes utilizando o metodo RED (Repeat Expansion Detection) - uma estrategia que detecta expansoes de repeticoes trinucleotidicas no DNA genomico sem identificar sua localizacao tem mostrado associacao entre este disturbio do humor e longas repeticoes da sequencia nucleotidica CAG. No presente estudo testamos a hipotese de que loci com repeticoes CAG estao envolvidos na vulnerabilidade genetica ao transtorno afetivo bipolar. Assim, analisamos o comprimento das repeticoes CAG presentes em quatro loci: o locus ERDA1 na regiao cromossomica l7q2l.3 ao qual tem sido atribuido a maioria das repeticoes CAG detectadas pelo RED, o locus SEF2-lb que situa-se na regiao l8q21.1, onde ha relatos positivos de ligacao e os loci hSKCa3 (regiao lq2l) e MAB2lL (regiao l3ql3), ambos devido a funcao do gene na qual as repeticoes residem. Inicialmente, investigamos quatorze familias brasileiras com multiplos afetados pelo transtorno bipolar, que tiveram a idade de inicio da doenca comparada na 1ª e na 2ª geracao revelando antecipacao. Averiguamos ainda uma amostra de 115 pacientes bipolares nao-aparentados e 196 individuos controles. As repeticoes CAG foram amplificadas por PCR, os produtos submetidos a eletroforese em gel de poliacrilamida e as bandas visualizadas apos coloracao com SYBR gold em aparelho de fluorescencia direta (Fluorimager system), possibilitando definir os alelos de acordo com o tamanho da sequencia CAG. O teste ampliado para desequilibrio de transmissao (ETDT) que utilizamos nas familias nao evidenciou transmissao preferencial de nenhum dos alelos para os membros afetados (ERDA1 X2=11,05/p=O,l36; SEF2-lb X2=4,42/p=O,62; hSKCa3 X2=0,88/p=O,92; MAB2lL X2=5,76/p=O,45). A analise de ligacao por testes parametricos e nao-parametricos excluiu ligacao entre qualquer dos quatro loci e a doenca bipolar (ERDA1 lod score= -lO,78/ p=O,27; SEF2-lb lod score= -5,87/p=O,6; hSKCa3 lod score=-2,Ol/p=O,59; MAB2lL lod score=-12,46/p=O,83). No estudo caso-controle, a distribuicao dos alelos entre pacientes bipolares e controles foi comparada atraves do teste U de Mann-Whitney e nao demonstrou diferencas significativas ...(au)
Palavra-chave Transtorno Bipolar
Genética
Ligação Genética
Antecipação Genética
Marcadores Genéticos
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 122 p. ilustabgraf.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 122 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16927

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta