Avaliacao prospectiva do risco cardiopulmonar em cirurgia abdominal alta eletiva

Avaliacao prospectiva do risco cardiopulmonar em cirurgia abdominal alta eletiva

Título alternativo Prospective assessment of cardiopulmonary risk in upper abdominal surgery
Autor Barreto Neto, Jose Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo OBJETIVO: Identificar fatores de risco associados a ocorrencia de complicacoes cardiacas, pulmonares ou cardiopulmonares no pos-operatorio de cirurgia abdominal alta eletiva e em seguida, estratificar o risco de ocorrencia destas complicacoes. TIPO DE ESTUDO: Estudo prospectivo de coorte CASUISTICA E METODOS: Foram incluidos no estudo 284 pacientes, de ambos os sexos, com media de idade de 60n13 anos, submetidos a cirurgia abdominal alta eletiva nao videolaparoscopica, sob anestesia geral, e realizado espirometria no periodo pre-operatorio. No periodo pos-operatorio foram acompanhados ate a alta hospitalar ou obito, com o intuito de verificar-se a incidencia de complicacoes cardiacas, pulmonares ou cardiopulmonares nesta amostra populacional. A seguir relacionou-se as variaveis idade igual ou superior a 65 anos, tabagismo, anos/maco, tempo cirurgico igual ou superior a 300 minutos, CVF < 80 por cento do previsto, VEF1/CVF < 70 por cento, comorbidade, pneumopatia, sintomas respiratorios ou cardiacos e cardiopatia, com a ocorrencia destas complicacoes pos-operatorias, atraves de analise univariada, para posteriormente, submete-las a analise de regressao logistica. RESULTADOS: Dos 284 pacientes, 73 (25,7 por cento) apresentaram complicacoes cardiacas, pulmonares ou cardiopulmonares, assim distribuidos: 41 (56,2 por cento) pacientes com apenas complicacao pulmonar, 17 (23,3 por cento) com apenas complicacao cardiaca e 15 (20,5 por cento) apresentaram as duas complicacoes associadas. Das variaveis analisadas observou-se que idade igual ou superior a 65 anos (p= O,0145), pneumopatia cronica (p= O,0075) e tempo cirurgico igual ou superior a 300 minutos (p= O,0010), se comportaram como fatores de risco independentes para a ocorrencia de complicacoes cardiacas, pulmonares ou cardiopulmonares. Associando-se a presenca ou ausencia destes tres fatores foram definidos oito grupos de risco para a ocorrencia destas complicacoes no pos-operatorio de cirurgia abdominal alta eletiva. Os grupos I e VIII que representam, respectivamente, a ausencia e a presenca dos tres fatores de risco, apresentam uma probabilidade de 30 por cento e 59 por cento, de desenvolver uma destas complicacoes, com especificidade de 91 por cento e valor preditivo negativo de 88 por cento. CONCLUSAO: A idade igual ou superior a 65 anos, o tempo cirurgico igual ou superior a 300 minutos e a presenca de pneumopatia previa sao fatores de risco independentes para ocorrencia de complicacoes cardiacas, pulmonares ou cardiopulmonares no pos-operatorio de cirurgia abdominal alta eletiva.
Palavra-chave Complicações Pós-Operatórias
Fatores de Risco
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 116 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 116 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16904

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta