Atuação da enfermeira na cordotomia cervical percutânea para controle da dor oncológica

Atuação da enfermeira na cordotomia cervical percutânea para controle da dor oncológica

Título alternativo The role of the nursing professional on percutaneous cervical cordotomy to control the cancer pain
Actuación de la enfermera en la cordotomía cervical transcutánea para control del dolor oncológico
Autor Iksilara, Maria Cecília Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Oncological pain is usually progressive and enabling. One third of the patients under treatment and two thirds of the patients with advanced cancer refer to pain. Generally treatment starts with non-opioids analgesic medicines and other drugs, passing to opioids with a progressive increase of the doses and neurosurgical procedures when recommended. Percutaneous cervical cordotomy is a neurosurgery procedure to treat unilateral cancerpain, especially in extremities, which gives immediate relief and low morbidity. The nursing professional plays an indispensable role in the effectiveness of this treatment. For this reason the author decide to report on this experience.

El dolor oncológico es a menudo progresivo e incapacitante. Un tercio de los pacientes en tratamiento y dos tercios de los pacientes con enfermedad avanzada afirman que tienen dolor. Los tratamientos empiezan con analgésicos no opioides y drogas coadyuvantes, luego pasan a opioides con aumento progresivo de las dosis y procedimientos neuroquirúrgicos, cuando hay indicación. La cordotomía cervical transcutánea es un procedimiento neuroquirúrgico para el tratamiento del dolor oncológico unilateral, especialmente en extremidades, que proporciona alivio inmediato y baja morbilidad. La participación de la enfermera para que el tratamiento sea efectivo es imprescindible, razón por la cual la autora decidió relatar la experiencia, poco frecuente en trabajos publicados en nuestro medio.

A dor oncológica é, freqüentemente, progressiva e incapacitante. Um terço dos pacientes em tratamento e dois terços dos pacientes com doença avançada referem ter dor. Os tratamentos iniciam-se com medicações analgésicas não opióides e drogas adjuvantes, passando para opióides com aumento progressivo das doses e procedimentos neurocirúrgicos, quando há indicação. Cordotomia cervical percutânea é um procedimento neurocirúrgico para tratamento da dor oncológica unilateral, especialmente em extremidades, que proporciona alívio imediato e baixa morbidade. A participação da enfermeira na efetividade desse tratamento tem sido imprescindível, razão pela qual a autora resolveu relatar a experiência, pouco freqüente em trabalhos publicados em nosso meio.
Palavra-chave pain clinics
cordotomy
nursing care
cordotomia
clínicas da dor
cuidados de enfermagem
Idioma Português
Data de publicação 2003-04-01
Publicado em Revista Brasileira de Enfermagem. Associação Brasileira de Enfermagem, v. 56, n. 2, p. 198-200, 2003.
ISSN 0034-7167 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Brasileira de Enfermagem
Extensão 198-200
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672003000200018
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-71672003000200018 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1690

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0034-71672003000200018.pdf
Tamanho: 27.17KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta