Cancer de pulmão: correlação de aspectos clínicos, tomográficos e broncoscópicos

Cancer de pulmão: correlação de aspectos clínicos, tomográficos e broncoscópicos

Título alternativo Lung cancer: a clinical, romographic and bronchoscopic correlation
Autor Santoro, Ilka Lopes Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Uehara, Cesar Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A neoplasia de pulmao e a principal causa de morte por cancer, independentemente da raca ou grupo etnico. As tendencias da taxa de incidencia do cancer de pulmao para cada grupo racial ou etnico varia, conforme sexo e idade, no momento do diagnostico. Consequentemente, nos decidimos estudar, atraves do modelo de risco proporcional de Cox, a importancia relativa de fatores potenciais de prognostico em uma amostra de 1013 pacientes portadores de cancer de pulmao. Como resultado, o Carcinoma Indiferenciado de Pequenas Celulas e indice de Karnofsky menor que 70 foram os mais importantes determinantes prospectivos de prognostico para diagnostico em menor espaco de tempo. Adicionalmente, pacientes do sexo masculino portadores de Carcinoma Indiferenciado de Pequenas Celulas, com idade inferior a 62 anos, indice de massa corporea menor que 18, indice de Karnofsky menor que 70 e sem nenhuma modalidade de tratamento, apresentaram o mais alto nivel de risco de obito. Nos selecionamos 180 pacientes portadores de neoplasia de pulmao, para o estudo das correlacoes. Era imperativo que eles tivessem a descricao broncoscopica original e os filmes da tomografia computadorizada de torax para acurado estadiamento da doenca. A maioria dos pacientes com Carcinoma Espinocelular apresentou tosse, expectoracao e indice de Karnofsky maior que 70. Eles tinham tumores localmente avancados (T4) e o envolvimento metastatico foi frequente. Eram tumores centrais. Em adicao, nos encontros broncoscopicos foram classificados como tumor nodular e apresentaram obstrucao do lume bronquico. Pacientes portadores de Adenocarcinoma tambem apresentaram indice de Karnofsky maior que 70. Tinham localizacao periferica, e metastases a distancia foram comumente encontradas. Tiveram tumor localmente avancado (T4) e, quando havia derrame pleural, este era frequentemente classe V de Papanicolaou. Os principais sintomas presentes em pacientes portadores de Carcinoma Indiferenciado de Pequenas Celulas foram dispneia e tosse. Sua localizacao mais frequente foi em lobo superior direito e classificado como tumor central. Eram localmente avancados, sem superficie de corte com o mediastino, e o derrame pleural foi frequente. Os achados broncoscopicos foram infiltracao com irregularidade de mucosa e estenose pelo infiltrado. Noventa por cento dos Carcinomas de Nao-Pequenas Celulas foram classificados como estadio 111 e IV, enquanto setenta e sete por cento dos
Palavra-chave Neoplasias pulmonares
Tomografia computadorizada por raios X
Tórax
Broncoscopia/métodos
Idioma Português
Data de publicação 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 202 p. ilustab.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 202 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16870

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta